Assistência Farmacêutica

Assistência Farmacêutica - Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS)

A Assistência Farmacêutica é estratégica no sistema de saúde, pois atua de forma transversal e integrada às demais áreas, contribuindo para a integralidade da assistência. Contempla ações e serviços farmacêuticos voltados para o acesso a medicamentos essenciais, eficazes e custo efetivos para a população, assim como para a promoção do seu uso prudente e seguro, conforme a Política Nacional de Medicamentos e Política Nacional de Assistência Farmacêutica.

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (SMS-SP) criou em 2001 a Área Técnica de Assistência Farmacêutica (ATAF). Na SMS-SP, as etapas do componente técnico-científico - seleção, prescrição, dispensação e utilização – são norteadas pela ATAF, hoje pertencente à Coordenadoria de Atenção Básica. Já as etapas do componente logístico - programação, aquisição, armazenamento e distribuição - são organizadas e desenvolvidas pela Divisão de Suprimentos, vinculada à Coordenadoria de Administração e Suprimentos da SMS. Devido à organização da SMS e à descentralização do gerenciamento da Assistência Farmacêutica, tanto as ações do ciclo logístico como as do ciclo técnico-científico são apoiadas, desenvolvidas e/ou acompanhadas pelas Coordenadorias Regionais de Saúde e as Supervisões Técnicas de Saúde.

Nas unidades de saúde, a Assistência Farmacêutica envolve ações técnico-gerenciais relativas à disponibilidade e acesso aos medicamentos, paralelamente às ações técnico-assistenciais voltadas ao Cuidado Farmacêutico, por meio da oferta de serviços clínicos realizados pelo farmacêutico de forma integrada com a equipe de saúde, por meio de prática centrada no usuário, com vistas à prevenção, identificação e resolução de problemas relacionados à farmacoterapia.

Em relação à entrega de medicamentos, no ano de 2023, foram atendidos mais de 29 milhões de pacientes e cerca de 35 milhões de prescrições nas farmácias municipais da rede básica e especialidades.

Quanto às atividades técnico-assistenciais, no ano de 2023, foram realizados mais de 597 mil procedimentos pelos farmacêuticos da rede básica e especialidades. Entre as atividades destacam-se mais de 261 mil consultas farmacêuticas, mais de 67 mil avaliações multidimensionais de idosos, mais de 60 mil práticas integrativas em saúde e mais de 38 mil acolhimentos/ escuta inicial.
 

A imagem tem o fundo azul, com a escrita Simpósio de Assistência Farmacêutica do Município de São Paulo. Clique aqui para mais informações.

 

 

A arte tem o título "Relação municipal de medicamentos" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Aqui tem remédio" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Comissão Farmacoterapêutica" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Cuidado Farmacêutico" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Acesso a medicamentos no SUS" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Documentos técnicos e Legislações Municipais" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Medicamentos fitoterápicos" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Informações sobre Oseltamivir" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Medicamento para Hepatites virais" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.

 

A arte tem o título "Medicamento para Covid-19 (NMV/r)" na parte de cima e embaixo pessoas segurando cartelas de remédios.