Share

Mulheres Vítimas de Violência Sexual e Doméstica

Área Técnica da Saúde Integral da Mulher - SMS

Atualizado em abril/2015

 

É orientação da Área Técnica da Saúde Integral da Mulher da SMS-PMSP que todas as Unidades de Saúde devam se organizar para garantir o acesso facilitado para as crianças, adolescentes e mulheres vítimas de violência sexual e doméstica.

Para tanto, os serviços municipais de saúde prestam atendimento às mulheres submetidas à violência sexual e doméstica e devem ser acessados imediatamente após a agressão, visando à prevenção das consequências decorrentes desse ato.

O registro da ocorrência deve ser feito, mas não é obrigatório. É importante que as pacientes possam exercer sua cidadania, denunciando o agressor, e permitindo à justiça fazer sua parte.

Atualmente, todos os hospitais, prontos-socorros, AMAs, Rede Hora Certa e Unidades Básicas de Saúde estão preparados para o primeiro atendimento á mulher vítima de violência sexual e/ou doméstica.

O atendimento prestado a essas mulheres deve, de acordo com dada caso:

 

 

 

Na ocorrência de gravidez decorrente de estupro ou em outras situações enquadradas na Lei, a vítima deverá ser encaminhada para um dos Hospitais Referenciados, onde dará continuidade ao seu atendimento:

 

 

 

 

 

Hospitais Municipais com Serviço de Atenção Integral às Vítimas de Violência Sexual e Aborto Previsto em Lei:

REGIÃO SUL

REGIÃO CENTRO-OESTE

REGIÃO SUDESTE 

REGIÃO LESTE

REGIÃO NORTE

 Todos os serviços acima realizam o acolhimento e o primeiro atendimento, colhe exames, realiza contracepção de emergência e profilaxia de DST/AIDS, faz seguimento e realiza aborto previsto por lei nos casos indicados.