Seu navegador não suporta javascript!
Barra de Impressão

Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social


  • Início
  • Secretarias
  • Assistência Social / Notícias


    08/06/2017 15h41

    Oficinas de capacitação são oferecidas como alternativa às pessoas em situação de rua



    Foto: Daniela Lopes/SMADS
    Por Bruna Carvalho

    A Associação Reciclázaro oferece oficinas de capacitação e geração de renda para pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social. As atividades envolvem artesanato e reciclagem e são aplicadas no Núcleo de Inserção Produtiva localizado no Centro de Acolhida (CA) II Casa São Lázaro, no Brás.

    O CA oferece abrigo para até 100 homens adultos e durante o dia tem capacidade para atender cerca de 60 pessoas nas oficinas de capacitação, sem distinção de gênero ou idade. Todos os materiais usados para produção de peças artesanais são fornecidos pela Associação, que arrecada com parceiros e também faz uso de reciclagem.

    Segundo Fabrício Bogre, gerente da Casa São Lázaro, detalha que o objetivo de todo o trabalho realizado pelo serviço é buscar meios para que os beneficiários possam sair da situação de vulnerabilidade.

    Cristina Lúcio Rabelo ensina artesanato no CA há três anos e falou sobre o desenvolvimento dos conviventes. “Às vezes eles chegam às oficinas sem nenhum propósito e em pouco tempo começam a produzir peças bonitas e gerar sua própria renda”, afirmou.

    Nas oficinas os conviventes são orientados a realizar o cadastro da Carteira Nacional do Artesão e também a participar de feiras e eventos para promover a venda dos materiais produzidos. Toda a renda arrecadada na comercialização é revertida ao próprio artesão.

    As vendas já acontecem como incentivo à Rede de Comércio Solidário em pontos da Avenida Paulista e na Loja Social anexa ao prédio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo, na Rua Líbero Badaró, 561/569.

    1ª Feira Agro Sustentável da Reciclázaro

    Na manhã da última quarta-feira (7), a Reciclázaro promoveu a primeira Feira Agro Sustentável em parceria com o Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental (CEFOPEA). O evento visou promover a agricultura orgânica e o comércio solidário.

    Na unidade disponibilizada pelo CEFOPEA, no bairro do Belém, foram expostos produtos 100% sustentáveis com uma grande variedade de vegetais, legumes e frutas, além das peças de artesanato.

    Maria Aparecida Leite, 60 anos, já participou de três oficinas de capacitação no CA e atualmente guarda o dinheiro arrecadado nas vendas para conquistar sua autonomia financeira e sair da situação de vulnerabilidade social.

    Dona Maria ainda afirmou estar bastante animada com o evento. Para ela essa é a oportunidade de divulgar e compartilhar os trabalhos desenvolvidos pelo grupo.“’Eu espero que tenha bastante movimento e procura pelos nossos produtos”, declarou.

    Flickr
    Clique aqui e vejas as fotos do evento.


    • Copyright
    • SAC