Crianças do CCA Alto do Riviera se encantam com a experiência do cinema 4DX

Muito além de diversão, oferecer cultura pode quebrar paradigmas

Fotos: Divulgação
Texto: Juliana Liba

Passar um dia no shopping e ainda assistir a um filme legal, quem não gosta? Agora, imagina ter a experiência da projeção em terceira dimensão, poder sentir a poltrona do cinema se mexer, borrifos de água e odores? A garotada do Centro para Crianças e Adolescentes (CCA) Alto do Riviera não escondeu a alegria de poder realizar essa atividade cultural na última sexta-feira (02/03).

Com a doação de ingressos pelo Cinépolis, via Fundação Abrinq, e a parceria de transportes com a SMADS, o serviço pode levar cerca de 40 crianças, de seis a 10 anos, para assistirem ao filme ‘O Touro Ferdinando’ no JK Iguatemi na sala 4DX. Além disso, o cinema ofereceu pipoca, refrigerante e sacos de bala.

Segundo o gerente do CCA, Leandro Rodrigues, ele se emocionou quando voltaram no final da tarde. “O pessoal chegou admirado contando tudo e o quanto gostaram”, disse. Para Leandro, ir ao cinema é mais que uma diversão. “Essa intervenção é importante para oferecer cultura e experiências que quebrem paradigmas”, explicou.

Ryan, seis anos, compartilhou entusiasmado tudo o que aconteceu no passeio. Falou sobre a cadeira que mexia quando o touro andava, o refrigerante que os colegas queriam tomar e que o filme teve um final feliz. “Pode me levar de novo no dia que a senhora quiser, mas eu quero muito”, disse Ryan para a sua mãe.

Para a Wanderléia, mãe da Ana Clara e do Pablo, fazer parte dessas atividades que o CCA oferece é importante também para a interação com os amigos. “Não tenho muita oportunidade de me divertir sempre com meus filhos, então fico feliz deles poderem aproveitar esses passeios, ainda mais com outras crianças”, finalizou.

Serviço

O CCA Alto da Riviera, localizado na zona sul e conveniado à SMADS desde 2013 por meio da ONG Sociedade Santos Mártires, atende 120 crianças e adolescentes de seis a 15 anos em situação de vulnerabilidade e risco. O objetivo é oferecer proteção social por meio do desenvolvimento das competências e aquisições para a conquista de autonomia e inserção social, estimulando a participação na vida pública da comunidade.