Assistencia e Desenv. Social

Bordando autonomia: SASF Curuça realiza oficina de bordado


 

Por Marcos Gabriel

Atenção e determinação fizeram parte da tarde das mulheres que participaram da Oficina de Bordado em Juta, na última quarta-feira (30), no Serviço de Assistência Social à Família Curuça (SASF).

Maria de Lurdes Marques é a responsável pela oficina. ‘’Nós realizamos a Oficina Bordado em Juta toda quarta-feira, das 15h às 17h, durante três meses’’, contou.

Segundo a professora, o objetivo dessa atividade é realizar vários trabalhos com técnicas de bordado em ponto cruz para incentivar a venda e geração de renda na vida dessas famílias.

‘’Além disso, também administro outras oficinas como, por exemplo, patwork, reciclagem de alimentos e culinária’’, finalizou Maria de Lurdes.

As mulheres que participavam da oficina só tinham olhos para os bordados, pois a vontade de aprender estava ali, sentada naquela enorme mesa de madeira junto a todas elas.

Mariana Ana Pereira, 50 anos, frequenta o SASF desde quando descobriu o serviço por meio de uma vizinha e conta com empolgação. ‘’Quando eu perdi meu emprego por problemas médicos, fiquei parada por muito tempo. Foi aí que o médico me indicou algumas atividades para que eu passasse o tempo, como uma espécie de terapia. Graças a Deus encontrei esse serviço’’.

A mulher, que vive com o marido e os dois filhos próximos à região, elogia o serviço. "Essa oficina e todas as outras têm sido muito gratificantes. A gente está sempre compartilhando nosso conhecimento, aprendendo bastante coisa e recebendo muita atenção dos orientadores’’.

Eliana Santos, 46, também esteve na oficina e faz parte da SASF Curuça desde 2013. ‘’Eu fui indicada para esse serviço e quando me cadastrei, comecei a fazer as oficinas. Eu amo artesanato, então, quando estou aqui fazendo bordados, sinto que estou no lugar certo".

Além da Oficina de Bordado em Juta, Eliana também participou de outras. ‘’Já participei de quase todas: manicure, chocolate, por exemplo, onde aprendemos a fazer trufas e doces, culinária, massagem e crochê’’.

‘’Toda reunião é um aprendizado, onde você vai tirando suas dúvidas. Você tem que vir aqui e entender que é pro seu bem, pra você sair daqui sabendo mais do que entrou’’.

Serviço

O SASF Curuça atua desde 2012 e atualmente atende 1.000 famílias, todas vivendo próximas ao serviço. Com o objetivo de inserir autonomia financeira nas vidas dessas famílias, a instituição sempre inova em suas oficinas trimestrais.