Doença de Chagas

 

 

Trypanosoma sp, forma promastigota, na corrente sangüínea
(Fonte: Atlas de parasitologia Clínica Viqar Zaman, 1979)

 

 

 

 

 

O que é?

Parasitose causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi, cujo vetor é o Triatoma infestans, inseto conhecido popularmente como "barbeiro". Doença caracterizada por fase inicial aguda, assintomática ou com sinais ou sintomas quase sempre inespecíficos, podendo evoluir para a fase crônica, com comprometimento cardíaco ou digestivo.

 

Transmissão

A forma usual de transmissão e de maior importância epidemiológica é através da picada do vetor. A infecção também se dá por transfusão sangüínea e transmissão congênita.

 

Tratamento

É importante identificar a fase da doença para definir o tratamento adequado. O tratamento precoce e bem conduzido pode elevar a expectativa de sobrevida e melhorar a qualidade de vida do paciente.

 

Diagnóstico Laboratorial

Pesquisa de anticorpos em soro humano e animal.

Humano

  • Imunofluorescência Indireta (IFI): detecta anticorpos IgM (fase aguda) e IgG (fase crônica)
  • Ensaio imunoenzimático (ELISA): detecta anticorpos da classe IgG


Animal

  • · Imunofluorescência Indireta (IFI): detecta anticorpos IgG

 

Interpretação

Na IFI, amostras com títulos maiores ou iguais 40 são indicativos de infecção. Títulos mais baixos podem ser provenientes de reações cruzadas e, portanto, recomenda-se colher nova amostra de sangue do paciente com intervalo de 10 dias.

No teste de ELISA, um soro será reagente quando sua absorbância for maior que o Cut Off (ponto de corte).

 

Prevenção

Controle vetorial
Controle de qualidade do sangue utilizado em transfusões
Educação em saúde.

 

Envio Correto de Material

  • Material
    • Soro (1 ml)
    • Sangue (5 ml)
       
  • Conservação/Transporte
    • Soro: refrigerado ou congelado;
    • Sangue: refrigerado.
       

 

Veja também :