Acidente de Trabalho com Exposição a Material Biológico

DVISAT - COVISA

É um tipo específico de acidente de trabalho, cujo risco de infecção envolve o contato com fluidos orgânicos potencialmente contaminantes.  Veja quadro abaixo:

 

A exposição a material biológico é muito perigosa por ser potencialmente capaz de transmitir mais de 50 tipos de patógenos diferentes (além do HIV , Hepatite B e C).

Tipos de exposição envolvendo material biológico consideradas de risco:

  • Exposições percutâneas: lesões provocadas por instrumentos perfurantes ou cortantes (ex.: agulhas, lâminas de bisturi, vidrarias, etc.);
  • Exposições de mucosas: ocorrência de respingos na face envolvendo olho, nariz ou boca; ou exposição de mucosa genital;
  • Exposição de pele não íntegra: contato com locais onde a pele apresenta dermatites ou feridas abertas;
  • Arranhaduras e/ou mordeduras: são consideradas de risco quando envolvem a presença de sangue.

 

Principais causas de acidente de trabalho com exposição a material biológico

  • Administração de medicação endovenosa; intramuscular; subcutânea; intradérmica;
  • Punção venosa/arterial para coleta de sangue;
  • Descarte inadequado de material perfurocortante em saco de lixo;
  • Descarte inadequado de perfurocortante em bancada, cama, chão e etc;
  • Lavanderia;
  • Lavagem de material (CME);
  • Manipulação de caixa com material perfurocortante;
  • Procedimento cirúrgico; odontológico; laboratorial;
  • Dextro (controle de glicemia capilar);
  • Reencape de agulha

 

Risco de Infecção por HIV, Hepatite B e Hepatite C

O risco de infecção pós-exposição ocupacional é variável e depende de diversos fatores como:

  • Tipo de acidente;
  • Condições clínicas do paciente fonte e do trabalhador;
  • Gravidade da lesão;
  • Presença e volume de sangue do paciente fonte;
  • Conduta adequada pós-exposição;
  • Tempo decorrido entre exposição e início da PEP (Profilaxia pós-exposição)

 

Medidas de Prevenção de Exposição a Material Biológico

  • Adotar cuidados com a biossegurança;
  • Uso de EPI (Equipamentos de Proteção Individual): uso de máscaras, luvas, avental, botas;
  • Lavar as mãos com água corrente e sabão;
  • Imunização para Hepatite B ( 3 doses e realização do anti HBS)

 

Medidas de Prevenção Pós Exposição a Material Biológico

  • Lavar a área contaminada com água e sabão
  • Não espremer a área atingida
  • Não esfregar
  • Procurar atendimento médico com Urgência (nas primeiras duas horas após o acidente, até 72horas)
  • Realizar teste para HIV Hepatite B e C (teste rápido)
  • Realizar teste para HIV Hepatite B e C no paciente fonte (quando conhecido) (teste rápido)

 

O que fazer se ocorrer Acidente de Trabalho com Exposição a Material Biológico

1) Testar HIV durante janela imunológica:
- momento zero (ocorrência do acidente);
- 30 dias;
- 90 dias;

2) Testar para Hepatite C durante janela imunológica:
- momento zero
- 90 dias;
- 180 dias

3) Testar para Hepatite B durante janela imunológica:
- momento zero;
- 90 dias;
- 180 dias

 

ATENÇÃO! EVITAR:

  • Manter relações sexuais sem o uso de preservativo;
  • Engravidar
  • Amamentar;
  • Doar sangue, órgãos, sêmen

 

Clique para abrir os documentos: 

 

Saiba mais, clique na figura!