CGM/SP participa de 1ª Reunião da Rede de Corregedorias em Brasília

 A Controladoria Geral do Município de São Paulo (CGM/SP) participou, nesta terça-feira (07/05), da 1ª Reunião da Rede de Corregedorias, na Corregedoria-Geral da União (CGU), em Brasília. O objetivo do encontro foi contribuir para o fortalecimento do tema correcional no Brasil, além de ampliar o Programa de Fortalecimento de Corregedorias (PROCOR) implementado pela Corregedoria Geral da União.

O Controlador Geral do Município, Gustavo Ungaro, representou a CGM/SP no encontro que teve a presença do Ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, do Corregedor-Geral da União, Gilberto Waller Júnior, e contou com uma apresentação sobre o Programa de Fortalecimento das Corregedorias e a Rede de Corregedorias, além da análise da proposta de regimento interno da Rede de Corregedorias e da eleição do Secretário Executivo Titular e do Substituto da Rede de Corregedorias.

A CGM/SP foi o primeiro órgão do País a assinar o termo de adesão ao Programa de Fortalecimento de Corregedorias, em março de 2019. Hoje também participam do PROCOR as Controladorias Gerais dos Estados da Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, CGE e Ouvidoria do Ceará, Controladoria Geral da Fiscalização e Transparência do Município de Campo Grande (MS), Controladorias dos Municípios de Fortaleza (CE), São Luís (MA) e Belo Horizonte (MG). Também aderiram ao PROCOR, as Procuradorias Gerais dos Estados da Paraíba e Mato Grosso do Sul e o Tribunal de Contas dos Municípios do Pará e Auditoria Geral do Estado do Pará.

PROCOR e Rede de Corregedorias

A Portaria 1000/2019, publicada em 1º de março, instituiu a nova versão do Programa de Fortalecimento de Corregedorias (PROCOR) e a Rede de Corregedorias. O PROCOR tem o objetivo de fomentar a atuação das Corregedorias Estaduais e Municipais, promovendo integração, capacitação e inovação no âmbito da atividade correcional. Por meio deste programa, a Corregedoria-Geral da União apoiará as Corregedorias Estaduais e Municipais, fomentando a troca de informações e de experiências, proporcionando a realização de cursos e treinamentos sem custos, bem como disponibilizando tecnologias. Já a Rede de Corregedorias tem como objetivo uniformizar entendimentos relativos à atividade correcional por meio da realização de debates de temas de interesse das corregedorias, construir estratégias conjuntas de atuação e disseminar boas práticas das unidades de correição.

*com informações ASCOM/CGU

*foto: Adalberto Carvalho - ASCOM/CGU