Conheça um pouco mais das Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais da Cidade de São Paulo

Poucas pessoas sabem, mas São Paulo possui 32 pequenos "municípios" distribuídos pela cidade. Desde 2002, com a aprovação da lei 13.399, a maioria dos equipamentos públicos, como clubes da comunidade (antigos CDMs) e clubes da cidade foram transferidos para as Prefeitura Regionais.

Essas Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais têm o papel de receber pedidos e reclamações da população, solucionar os problemas apontados; preocupam-se com a educação, saúde e cultura de cada região, tentando sempre promover atividades para a população.

Além disso, elas cuidam da manutenção do sistema viário, da rede de drenagem, limpeza urbana, vigilância sanitária e epidemiológica, entre outros papéis que transformam, a cada dia, essas regiões da cidade em locais mais humanizados e cheios de vida.

Além dos problemas cotidianos, esses pequenos "municípios" guardam segredos e curiosidades pouco conhecidas pela população.

Você sabia que o cemitério de Aricanduva é o maior da América Latina, com uma área de 780 mil m²?

E que a Vila Carrão possui uma colônia japonesa que se formou durante as décadas de 1960 e 1970?

Os links abaixo mostram um pouco mais sobre cada Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais e suas histórias. Conheça cada uma delas:

Aricanduva/Vila Formosa M'Boi Mirim
Butantã Mooca
Campo Limpo Parelheiros
Capela do Socorro Penha
Casa Verde Perus
Cidade Ademar Pinheiros
Cidade Tiradentes Pirituba/Jaraguá
Ermelino Matarazzo Santana/Tucuruvi
Freguesia do Ó/Brasilândia Santo Amaro
Guaianases São Mateus
Ipiranga São Miguel Paulista
Itaim Paulista Sapopemba
Itaquera
Jabaquara Vila Maria/Vila Guilherme
Jaçanã/Tremembé Vila Mariana
Lapa Vila Prudente

Praças de Atendimento das Prefeituras Regionais
A Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais, por meio da Portaria 042/SMPR/2017, que trata da adequação de horário de atendimento em todas as prefeituras regionais, informa que o horário de atendimento à população nas Praças de Atendimento foi padronizado.

A partir de agora: de Segunda a sexta das 8h às 17 horas.

Além de facilitar a identificação, a nova padronização segue o mesmo sistema da Secretaria da Fazenda.

Hoje, a cidade de São Paulo conta com cerca de 430 agentes fiscais, que continuarão realizando o serviço de fiscalização da mesma forma. Não haverá deslocamento de funcionários.