Nova varíola tudo que você precisa saber

Monkeypox: o que é, cuidados e prevenção

 

 

 

Doença causada por vírus que pode causar febre, inchaço no pescoço, virilha ou ínguas, aparecimento de bolhas ou feridas na pele e/ou genitais. Os sintomas podem aparecer em média de 5 a 21 dias após o contato.

 

A doença é transmitida principalmente pelo contato pele a pele ou roupas contaminadas, mas pode ser transmitida também por compartilhamento de objetos, contato com superfícies infectadas, beijo e relações sexuais.

 

Na suspeita, procurar uma unidade de saúde: SAE, CTA, UBS ou AMA. Usar máscara e roupas que cubram todas as lesões. De preferência, não usar transporte público, não frequentar bares ou festas. No caso confirmado, guardar repouso em quarentena até o desaparecimento das lesões, que duram entre 2 a 4 semanas.

 

Até o momento, não se dispõe de tratamento específico para Monkeypox, com exceção graves que necessitam de internação. O manejo consiste primordialmente em manter as lesões sempre limpas e secas. Se houver necessidade, faz-se uso de medicamentos para controle de dor e febre, com prescrição médica.

 

 

• Tomar banho com sabonete líquido e secar bem as lesões;

• Não usar pomadas, cremes ou hidratantes;

• Não compartilhar toalhas;

• Não compartilhar roupas pessoais ou roupas de cama;

• Usar roupas que cubram as lesões para não as encostar em superfícies de contato, pois elas podem ser contaminadas por bactérias ou podem contaminar superfícies. Se isto ocorrer, limpar a superfície com álcool 70º e higienizar a ferida;

• Lavar (ou deixar de molho) as roupas pessoais e roupas de cama com água quente entre 60º e 90º graus ou com uma colher de água sanitária diluída a cada 1 litro de água

• Cuidado com os pets, pois eles podem se contaminar;

• Não compartilhar talheres, pratos e copos;

• Não compartilhar cigarros e outros objetos que vão à boca.

 

 

Para mais informações acesse a página da SMS, clicando aqui.