Barra de Impressão

Secretaria Municipal daSaúde


Início - Secretarias - Saúde / Saúde População Negra


Área Técnica Saúde da População Negra

Coordenação da Atenção Básica

Equipe:

Maria Cristina Honório dos Santos - e-mail: mchsantos@prefeitura.sp.gov.br

Valdete Ferreira dos Santos - e-mail: vfsantos@prefeitura.sp.gov.br

A Área Técnica de Saúde da População Negra foi criada em setembro de 2003, com o objetivo de formular ações que promovam, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) Municipal, a redução das iniquidades em saúde relacionadas à questão racial, reconhecendo as especificidades deste segmento da população. A Área Técnica Saúde da População Negra, integra a Coordenação da Atenção Básica de SMS, desde 2008 o que veio facilitar a sua atuação transversal com as demais áreas, compartilhando diretrizes , bem como recursos materiais, humanos e financeiros, pactuados no Plano Municipal de Saúde com outras áreas técnica.

A área vem desenvolvendo diversas ações com o objetivo de sensibilizar e capacitar os profissionais de saúde, buscando a mudança de práticas na Secretaria Municipal de Saúde (SMS),no sentido de promover ações que atendam as especificidades da saúde da população negra e atuar no combate ao racismo institucional

Segundo o censo realizado em 2010, a população negra representava no Município 37% da população, ou seja, 4.169.301 habitantes distribuídos segundo o mapa abaixo:

Mapa_PopNegra

Fonte: SMS-CEInfo

 

As ações programáticas da área técnica estão focadas em fortalecer:

  • Diagnóstico dos doentes, incluindo as gestantes, na organização da rede de assistência pactuada com da Atenção Básica;

  • Planejamento das ações educativas e na elaboração de material informativo aos profissionais de saúde e à população;

  • Consolidar a articulação entre as três esferas governamentais;

  • Constituir e organizar o Grupo de Trabalho – GT de Anemia Falciforme para acompanhamento da implantação do Programa de Atenção Integral às Pessoas com Doenças Falciformes e outras Hemoglobinopatias da Cidade de São Paulo, formado por técnicos das três esferas governamentais, Intuições de Saúde, ONGs, Conselho Municipal, CONE, Hospitais de Referência l;

  • Identificar entre as patologias mais prevalentes aquelas de maior risco para a população negra.

 

A partir dos princípios do SUS e Política Nacional de Saúde Integral da População Negra - PNSIPN, tais como; Integralidade da Atenção, Equidade, Universalidade do Acesso e Participação da Comunidade, a proposição de SMS/Atenção Básica/Saúde da População Negra consensualiza ações que permeiam a Gestão, Educação Permanente e a Participação Popular. Tendo como principais diretrizes:

  • Doença Falciforme;

  • Quesito Raça-Cor;

  • Doenças Crônico-Degenerativas (Hipertensão e Diabetes);

  • Projeto Sambando com Saúde e

  • Integração Intersetorial.


  • Copyright
  • SAC