logo da secretaria da saúde

Saúde Ocular

Área Técnica - Atenção Básica

Conjuntivite

A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular (o branco dos olhos) e o interior das pálpebras. Em geral, ataca os dois olhos e pode durar de uma semana a 15 dias. Não costuma deixar seqüelas.

Possíveis causas:

  • reações alérgicas (pólen, animais ou outros alérgenos);

  • produtos químicos (substâncias irritantes como cloro de piscinas, poluição);

  • traumas oculares (acidentes locais);

  • contaminação por vírus e bactérias (neste caso, a conjuntivite é contagiosa).

Sinais:

  • vermelhidão,
  • inchaço do olho ou pálpebras,
  • aumento do lacrimejamento.

Sintomas:

  • sensação de desconforto ocular,
  • ardor,
  • sensação de “corpo estranho” dentro do olho, como se houvesse areia no olho.

Nos casos de conjuntivite contagiosa, recomenda-se:

  • lavar as mãos freqüentemente;
  • não usar lenço de pano;
  • separar toalhas e sabonete;
  • evitar frequentar piscinas, saunas e semelhantes;
  • evitar contato direto com outras pessoas;
  • suspender o uso de lentes de contato durante o período.

Tratamento:

  • não coçar os olhos;
  • retirar as secreções oculares com lenço fino de papel;
  • fazer compressas frias nos olhos;
  • usar óculos escuros;
  • lavar as pálpebras com soro fisiológico ou água filtrada pela manhã se estiverem aderidas, deixando uma compressa úmida até que se soltem;
  • utilizar colírios somente com prescrição médica.