Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do Município de São Paulo (PGIRS 2014)

Clique aqui para ter acesso à íntegra do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos no Município de São Paulo

 

O que é o PGIRS?
O Plano é um documento que norteará o planejamento da coleta, transporte, tratamento e destinação final dos resíduos sólidos no município pelos próximos 20 anos, ele permite o desenvolvimento de ações que possibilitem o aumento da reciclagem e a redução dos resíduos dispostos atualmente em aterros sanitários.
 

Como foi feito?
A participação popular é um dos principais destaques do atual Plano de Gestão. Ele é resultado de um extenso processo participativo realizado em 2013 e que culminou na realização da 4ª Conferência Municipal do Meio Ambiente,realizada nos dias 30 e 31 de agosto e 1º de setembro de 2014, no Anhembi. 
 

Cronograma da implementação das ações do PGIRS

O cronograma anexo contempla a programação de todas as ações previstas no PGIRS da cidade de São Paulo em sua versão de 2014. As ações foram reprogramadas com relação às datas inicialmente previstas no PGIRS, uma vez que várias delas já se encontravam vencidas em janeiro de 2017.
Os cronogramas foram agrupados da seguinte forma em função da similaridade do objeto das ações :

- Cadastros
- Planos de Gestão de Resíduos Sólidos (PGRS)
- Regulamentações, Resoluções e Orientações
- Fomento
- Estudos
- Controle Eletrônico
- Resíduos Secos e Catadores
- Resíduos Orgânicos
- Resíduos de Construção Civil
- Resíduos de Serviços de Saúde
- Resíduos de Transportes
- Educação Ambiental e Comunicação
- Logística Reversa

Às ações de Logística Reversa previstas no PGIRS foram agregadas outras ações consideradas importantes pela atual gestão, especialmente embalagens não perigosas. Serão iniciados, também, estudos e tratativas relativas a: móveis, têxteis, medicamentos, óleo comestível, embalagens saneantes, desinfetantes e desinfestantes, baterias automotivas chumbo-ácido e recipientes com restos de tintas e solventes.
As ações grafadas na cor vermelha referem-se àquelas que fazem parte do programa de governo da gestão municipal 2017-2020.