Barra de Impressão

Centro de Memória do Circo


Secretarias / Cultura / patrimonio_historico / memoria_do_circo / largo_do_paissandu


Associações da Classe Circense

 
 

Muito da história das associações da classe circense e teatral na cidade de São Paulo passa pelo Largo do Paissandu. No antigo nº 8, local em que eram armados os Circos Queirolo e Alcebíades na década de 20, a Federação Circense foi gerada e administrada. Nesse mesmo lugar, em 1934, no Circo do Danilo, foi fundado o Sindicato dos Artistas de São Paulo. Do outro lado do largo, precisamente no número 51, funcionou a Associação Brasileira de Empresários e Proprietários de Circo, que, reestruturada em Associação Brasileira de Empresários de Circo, passou a funcionar, no final da década de 70, no prédio situado na esquina da São João com a Dom José de Barros, em frente à Galeria Olido. Posteriormente, em 2004, a ABEC foi reestruturada em ABRACIRCO e passou a funcionar na Rua 24 de maio. Nessa história, não podemos omitir o restaurante Ponto Chic, também localizado no Largo do Paissandu e que, em 1961, cedeu uma sala para a Federação Circense que estava então sendo reestruturada.