Tuberculose

Informações para o Cidadão

 

A tuberculose é uma doença contagiosa causada por uma bactéria, visível apenas ao microscópio, chamada bacilo de Koch. Em geral acomete os pulmões, mas pode atingir qualquer parte do corpo.

ATENÇÃO! Tosse há mais de 3 semanas pode ser tuberculose, procure uma unidade de saúde.


Transmissão

Transmitida de pessoa para pessoa, pelo ar quando o doente fala, tosse ou espirra, através das gotículas da saliva que secam rapidamente, transformando-se em aerossóis que podem manter-se suspensos por muitas horas no ar e são capazes de alcançar os pulmões.

Somente pessoas doentes com tuberculose pulmonar transmitem a doença.

IMPORTANTE: A tuberculose não se transmite pelo compartilhamento de roupas, lençóis, copos e outros objetos, pois os bacilos que neles se depositam dificilmente se dispersam em aerossois.

 

 

 Tratamento Diretamente Observado / TDO

O Tratamento Diretamente Observado da tuberculose é uma estratégia de extrema importância que permite uma adesão adequada ao tratamento de tuberculose. Favorece a orientação diária dos usuários pelos profissionais de saúde, otimiza as condutas da equipe de saúde frente aos problemas observados, favorece o estabelecimento de vínculo entre o usuário e a unidade de saúde, ou seja, evita o abandono de tratamento e favorece a cura dos doentes.


É comum que após as primeiras semanas de tratamento, o paciente observe melhora total dos sinais e sintomas. No entanto, isto não quer dizer que a pessoa já esteja curada.

ATENÇÃO: Para obter a cura é necessário completar todo o tratamento!

A falta de adesão, o abandono ou o uso irregular dos medicamentos podem causar resistência dos bacilos ao tratamento, o que complica o quadro clínico e demanda tratamento por um maior período de tempo (18 a 24 meses).

 

Clique na figura e busque a unidade básica de saúde mais próxima

 

 

O preconceito e a discriminação

Por medo e desinformação quanto à doença, as pessoas evitam o contato e isolam a pessoa doente. Quem precisa ser evitado é o bacilo,e não quem está doente!
Cada pessoa que faz o tratamento até o final contribui para quebrar a cadeia de transmissão da doença.

  

Clique na figura para abrir outros materiais