Notificação Compulsória

Profissional de Saúde, veja aqui como notificar!

Clique na doença ou no evento para notificar:

- Agravos e Doenças Relacionadas ao Trabalho

-Atendimento Anti-Rábico Humano

-COVID-19

-Dengue, Zika e Chikungunya

-Doenças Priônicas

-Eventos Adversos pós-vacinação

-Esporotricose Humana

-Ficha de Notificação/Conclusão

-Hanseníase

-Hepatite A

-Hepatites B e C

-HIV/ AIDS

-Intoxicação Exógena

-Meningites

-Sarampo/Rubeóla (doenças exantemáticas)

- Sífilis Adquirida, Gestante e Congênita 

-Sindrome Respiratória Aguda Grave

-Toxoplasmose

-Tuberculose

-Violências e Acidentes

-Outras doenças        

 

FLUXO PARA ONDE ENVIAR A NOTIFICAÇÃO

1° Passo - PREENCHER A FICHA DE INVESTIGAÇÃO - SINAN

2° Passo - UTILIZAR A FERRAMENTA "TERRITÓRIO UVIS" PARA LOCALIZAR A UNIDADE DE VIGILÂNCIA (UVIS) DO LOCAL DE ATENDIMENTO DO PACIENTE.

3º Passo - ENVIAR A FICHA DE INVESTIGAÇÃO – SINAN PARA A UVIS DE REFERÊNCIA

Através de seu e-mail, enviar a ficha de investigação - SINAN preenchida e salva no seu computador, para o e-mail da UVIS de referência do Serviço (consultório/clinica/hospital);
No assunto do e-mail preencher: "Notificação de " seguido do nome do Serviço (consultório/clinica/hospital).

4º Passo- RECEBER O NÚMERO DA NOTIFICAÇÃO (SINAN)

O número da notificação (SINAN) será fornecido pela UVIS de referência do Serviço;
Caso a ficha apresente algum dado inconsistente ou em branco, a UVIS de referência entrará em contato com o Serviço solicitando a complementação desses dados.

 

 

 

 Veja abaixo a legislação pertinente: