Zona Norte de São Paulo amplia vacinação contra a febre amarela

Todos os 90 postos da região voltaram a disponibilizar a vacina nesta segunda-feira (26); quase 3,9 milhões de pessoas já foram imunizadas na capital

Com 3.891.595 milhões de pessoas vacinadas contra a febre amarela desde setembro de 2017, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Paulo segue adotando estratégias para ampliação da cobertura vacinal no município. Nesta segunda-feira (26), todos os 90 postos da zona Norte passam a disponibilizar a dose fracionada aos moradores da região que não foram imunizados durante a primeira fase da campanha.

Desde o início de fevereiro, agentes de saúde têm realizado o trabalho de “rescaldo” para localizar o público que ainda precisa tomar a vacina. A medida inclui ação casa a casa e a criação de postos volantes. A média da cobertura na zona Norte está em torno de 75%. Por conta da proximidade com os corredores ecológicos e epizootias no Horto Florestal, a região foi a primeira a receber a campanha de vacinação, em setembro de 2017. Em quatro meses, 1.910.695 milhão de moradores foram imunizados.

A vacina segue disponível à população da zona Norte, que deve ir a um dos 90 postos da região portando documento de identidade e, se possível, carteirinha de vacinação e cartão SUS. O atendimento é feito mediante apresentação de senha, entregue em casa aos munícipes atendidos pelas equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) ou então retirada na recepção das unidades para os pacientes que não são atendidos dentro do programa ESF ou que, porventura, não tenham recebido a senha em sua residência.

Para saber qual a unidade básica de saúde de referência de seu endereço, basta consultar o Busca Saúde

Cabe lembrar que a distribuição diária leva em conta a capacidade operacional de cada unidade.

Segunda fase termina nesta semana
A segunda fase da campanha de vacinação de febre amarela na capital paulista termina na próxima sexta-feira (2). Até segunda-feira (26), foram vacinados 1.980.900 moradores dos distritos desta etapa, sendo 1.917.983 doses fracionadas e 62.917 padrão.

A definição das regiões incluídas nas primeiras fases da ação preventiva no município de São Paulo levou em consideração a proximidade com os chamados corredores ecológicos e o risco de exposição à doença. Nos próximos meses, novos distritos serão inseridos na campanha.

A lista das unidades que disponibilizam a dose contra a febre amarela atualmente pode ser acessada neste link: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/doencas_e_agravos/febre_amarela/index.php?p=248543