Share

Conservação de Acervos

A Supervisão de Conservação do Acervo tem as seguintes atribuições:

I - desenvolver, executar e gerenciar programas e trabalhos de conservação preventiva, de conservação curativa e de restauração do acervo;
II - elaborar diagnósticos e efetuar monitoramentos periódicos do estado de conservação das coleções e das condições ambientais do acervo e mapeamento de reservas técnicas;
III - integrar equipes multidisciplinares para o desenvolvimento de programas de preservação;
IV - desenvolver, promover e divulgar o conhecimento técnico de sua área de competência;
V - definir, avaliar e monitorar continuamente:
a) os parâmetros da intervenção nas diversas categorias documentais durante os processos técnicos, de modo a garantir a integridade da informação do ponto de vista do conteúdo e do suporte;
b) as condições ambientais das áreas de guarda, difusão e tratamento do acervo;
c) os parâmetros de segurança do acervo;
d) os parâmetros de segurança e de qualidade dos ambientes de trabalho dos servidores municipais e consulentes;
VI - desenvolver pesquisas nas áreas de entomologia, microbiologia e química, voltadas para a conservação do acervo;
VII - efetuar pesquisas sobre o desenvolvimento de produtos e materiais especiais, utilizados na conservação do acervo documental;
VIII - desenvolver e aplicar programas de capacitação e aprimoramento técnico aos servidores do departamento, relativos à conservação do acervo documental;
IX - promover cursos, palestras e seminários relativos a técnicas e ações de preservação do acervo do Arquivo Histórico de São Paulo;
X - estabelecer e manter intercâmbio com profissionais e instituições afins.

 
Leia os artigos:

A importância da conservação das obras de arte em suporte papel do Museu de Arte Moderna da Bahia
Francisca Maria Ribeiro de Andrade


Noções básicas de conservação preventiva de documentos
Marilene Fragas Costa









Projeto CPBA

O Projeto Conservação Preventiva em Bibliotecas e Arquivos  – Projeto CPBA surgiu da preocupação com a preservação dos acervos documentais brasileiros. Contou com o apoio técnico e financeiro de Vitae, Apoio à Cultura e Promoção Social e das organizações norte-americanas The Andrew W. Mellon Foundation e The Commission on Preservation and Access. Sediado no Arquivo Nacional durante o seu desenvolvimento, contou com a cooperação da Fundação Nacional de Arte-FUNARTE, da Fundação Getulio Vargas, FGV e de um grande número de instituições em todo o país. 

O Projeto CPBA publicou uma seleção de 53 títulos, em duas edições, em 1997 e 2001, sobre a conservação preventiva de filmes, fotografias e meios magnéticos. Estes textos tratam do planejamento de preservação, do controle das condições ambientais, de microfilmagem e digitalização e do salvamento de coleções em situações de risco. A distribuição destes textos foi gratuita, beneficiando instituições em todo o país. Durante o processo de distribuição realizaram-se seminários nas cinco regiões brasileiras, formando multiplicadores. 

As ações cooperativas do Projeto CPBA justificaram, em 1988, o recebimento do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. Hoje, ao disponibilizar o acervo de publicações em sua página, o Arquivo Histórico Municipal Washington Luís  colabora, como instituição parceira do Projeto CPBA com a socialização da informação sobre Conservação Preventiva.

Clique nos links para abrir os arquivos (atenção: todos os textos à disposição para download só podem ser utilizados para fins não comerciais)

1 a 9
Armazenagem e manuseio
Sherelyn Ogden

10 a 12
Procedimentos de Conservação
Sherelyn Ogden

13
Manual de pequenos reparos em livros
Robert J. Milevsky

14 a 17
Meio Ambiente
Sherelyn Ogden

18
Isopermas: uma ferramenta para o gerenciamento ambiental
Donald K. Sebera

19
Novas ferramentas para preservação: avaliando os efeitos ambientais a longo prazo sobre coleções de bibliotecas e arquivos
James M. Reilly/Douglas W Nishimura/Edward Zinn

20 a 25
Administração de Emergências
Sherelyn Ogden

26 a 29
Emergências com pragas em arquivos e bibliotecas
Sherelyn Ogden/Lois Olcott Price/Nieves Valentin e Frank Preusser

30 a 32
Planejamento e prioridades
Sherelyn Ogden/Karen Garlick

33 a 36
Planejamento de preservação e gerenciamento de programas
Dan Hazen/Ross W. Atkinson/Margaret Child/Robert J. Milevski/Linda Nainis

37
Programa de Planejamento de Preservação: um manual para auto-instrução de bibliotecas
Jan Merrill-Oldham/Jutta Reed-Scott

38
Considerações sobre preservação na construção e reforma de bibliotecas: planejamento para preservação
Michael Trinkley

39
Preservação de fotografias: métodos básicos para salvaguardar suas coleções
Peter Mustardo/Nora Kennedy

40
Guia do Image Permanence Institute (IPI) para armazenamento de filmes de acetato
James M. Reilly

41
Indicações para o cuidado e a identificação da base de filmes fotográficos
Monique C. Fischer/Andrew Robb

42
Armazenamento e manuseio de fitas magnéticas
Jonh W. C. Van Bogard

43
Guarda e manuseio de materiais de registro sonoro
Gilles St. Laurent

44 a 47
Reformatação
Sherelyn Ogden/Lee C. Jones/Gay Walker/Norvel M. N. Jones

48
Microfilmagem de preservação: um guia para bibliotecários e arquivistas
Lisa L. Fox

49
Do microfilme à imagem digital
Donald J. Waters

50
Uma abordagem de sistemas híbridos para a preservação de materiais impressos
Don Willis

51
Requisitos de resolução digital para textos: métodos para o estabelecimento de critérios de qualidade de imagem
Anne R. Kenney/Stephen Chapman

52
Preservação no universo digital

Paul Conway

53
Manual do RLG para microfilmagem de arquivos
Nancy E. Elkington