Galeria de Projetos

 

A SP Urbanismo foi fundada em 2009, mas a sua história se inicia muito antes disso. A empresa tem como origem a extinta EMURB, criada em 1971, que teve importante papel na reurbanização da capital paulista.

Inúmeros projetos simbólicos e relevantes para a cidade de São Paulo tiveram participação direta da EMURB em sua concepção nas últimas décadas. As reforma do Vale do Anhangabaú e do Edifício Martinelli, a construção do Túnel Ayrton Senna e das Ruas de Pedestres no Centro, a reurbanização do Vale do Rio Aricanduva e a reestruturação do Parque das Indústrias foram algumas das obras realizadas pela empresa.

Mais recentemente, sob a condução da SP Urbanismo, a construção da Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira e as Operações Urbanas são exemplos de realizações da empresa.

Confira imagens de alguns projetos realizados pela EMURB e SP Urbanismo:

 

 

Avenida Aricanduva - 1976

  No ano de 1976, a EMURB finalizou a implantação, no vale do Rio Aricanduva, do maior conjunto de obras viárias e de saneamento da cidade. As obras da Avenida Aricanduva, no trecho entre a Rua Recife e a Estrada de Itaquera, facilitou o escoamento de veículos no sentido sul-sudeste. Já a canalização do rio solucionou problemas de enchentes que atingiam os bairros como Vila Matilde, Vila Carrão e Penha. Mais de 600 mil moradores da região foram beneficiados diretamente com a iniciativa.

 

Viaduto Santa Ifigênia - 1978

  Em 1978, a EMURB foi responsável por levar o Viaduto Santa Ifigênia aos tempos modernos e devolver seu papel de protagonismo na cidade. Esse, que é um dos mais conhecidos pontos do Centro Histórico de São Paulo, recebeu nova pintura e piso, teve 140 toneladas de estruturas metálicas totalmente recuperadas e ganhou uma iluminação diferenciada para tornar mais seguro o caminhar de milhares de pedestres que frequentam o local diariamente.

 

Ruas de Pedestres (Calçadões) - 1978

  Em 1978, a EMURB concluiu as obras dos calçadões da região central. O espaço passou a oferecer à população um piso contínuo com maior acessibilidade, iluminação pública de qualidade, bancos para descanso, floreiras e árvores. Com mais de 60 mil m², trata-se da maior área destinada a uso exclusivo de pedestres da América Latina.

 

 Vale do Anhangabaú - 1990

  Em 1990, a EMURB devolveu ao Vale do Anhangabaú a condição de parque e uma solução mais bem aproveitada para o trânsito da cidade. As ruas Formosas e Anhangabaú foram transformadas em calçadões ajardinados para pedestres e foi o implantado o Túnel do Anhangabaú, a principal ligação entre as regiões norte e sul de São Paulo. Já a SP Urbanismo, elaborou para a cidade o projeto de requalificação do Anhangabau, inaugurado em 2021.   

 

Complexo Viário Ayrton Senna - 1995

Foto: Instituto Ayrton Senna   Projetado e construído pela EMURB, o Complexo Viário Ayrton Senna foi inaugurado no dia 7 de outubro de 1995. Com 1,9 km de extensão, o túnel liga as avenidas 23 de Maio e Antônio Joaquim de Moura Andrade, nos bairros de Moema e Vila Nova Conceição. A estrutura deste Complexo conta com um moderno e econômico sistema de iluminação em LED. Antigamente, abrigava no topo de uma de suas entradas o Monumento Ayrton Senna. O equipamento foi transferido para um Centro Esportivo e em seu lugar foi hasteada uma bandeira do Brasil.