PlanClima SP

PlanClima SP é criado para neutralizar as emissões de Gases de efeito estufa em São Paulo

Após a assinatura da Carta Compromisso com o Acordo de Paris, o Grupo C40 de Grandes Cidades para a Liderança Climática, recomenda que as cidades elaborem um plano de ação climática com medidas que possibilitem que, em 2050, elas se tornem neutras em carbono, bem como indique as estratégias de adaptação aos impactos da mudança do clima; Com base nisso o Plano de Ação Climática, desenvolvido pela Prefeitura da capital paulista, foi aprovado pela rede de cidades C40, com mais de 43 ações definidas para reduzir as emissões de gases do efeito estufa até 2030 e, até 2050, zerar as emissões.

Foi instituído um Grupo de Trabalho Intersecretarial (GTI), que foi responsável por viabilizar o Plano, desenvolvido em parceria com a rede internacional de cidades C40, ao qual o município aderiu.


O PlanClima SP propõe ações que visam diminuir o uso dos meios de transportes, aumentar a mobilidade ativa e zero emissões, incrementar a adoção de fontes energéticas renováveis em substituição aos combustíveis fósseis no transportes e nos estacionamentos residenciais, comerciais, institucionais e industriais, para iluminação, refrigeração, aquecimento da água e do ambiente, cocção; melhorar a eficiência energética de edificações e equipamentos; reduzir a geração e adequar os tratamentos de resíduos.

Com a aprovação, o PlanClima SP passa a ser reconhecido internacionalmente e as medidas passam a ser adotadas para tornar a cidade neutra na emissão de carbono até 2050.
São Paulo, a maior cidade da América Latina, com grandes desafios climáticos, foi uma das fundadoras do C40, em 2005, grupo que atualmente reúne cerca de 90 cidades.

 Acesse o Plano de Ações Climáticas (PlanClima SP)

Sumário Executivo Planclima SP 

 DECRETO Nº 60.290 DE 4 DE JUNHO DE 2021

DECRETO Nº 60.289 DE 3 DE JUNHO DE 2021