Programa Cozinha Escola

O Programa Cozinha Escola é uma qualificação gratuita na área da gastronomia.

 

 

O Programa foi instituído no âmbito da SMDET, por meio da Portaria nº 33/2019 e tem a finalidade de promover qualificação profissional em curto prazo, por meio de cursos, oficinas, workshops e formatos afins, com foco no desenvolvimento de produtos e de técnicas culinárias proporcionando acesso ao mercado, geração de renda, trabalho e empreendedorismo.

Os cursos e oficinas, pautados sempre que possível na segurança alimentar e nutricional, no combate ao desperdício de alimentos, no consumo consciente e na sustentabilidade, são gratuitos e podem ser realizados em cozinhas localizadas em equipamentos públicos, como Cresans e CEUs ou em instalações pertencentes a organizações da sociedade civil e parceiros privados. O público-alvo é formado por cidadãos interessados em gerar renda, acessar o mercado de trabalho ou empreender.


A Fundação Paulistana tem papel fundamental na implantação e execução do Programa.

Objetivos do Programa


1. fomentar a autonomia do cidadão com foco na reinserção social e econômica, através da qualificação profissional, geração de renda, emprego e estímulo ao empreendedorismo gastronômico;
2. incentivar a preparação dos alimentos, de maneira a promover uma cultura de consumo consciente e sustentável, contribuindo com a diminuição do desperdício e aproveitamento integral dos alimentos;
3. priorizar o uso de alimentos frescos, saudáveis e orgânicos nas preparações;
4. estimular a formalização e impulsionar o acesso ao mercado;
5. fomentar o empreendedorismo, em suas diversas formas, dentro da cadeia gastronômica;
6. fomentar a conexão com outras iniciativas que promovam o desenvolvimento econômico;
7. fortalecer a gastronomia no Município enquanto instrumento de promoção de segurança alimentar e nutricional, da cultura, de solidariedade, de geração de renda, de inclusão produtiva e de desenvolvimento local.

Resultados

Durante o primeiro ciclo de qualificações presenciais, que terminou em agosto de 2022, a Fundação Paulistana ofertou 1.000 vagas gratuitas, por meio de 50 cursos, em 12 temas diferentes. Nesse ciclo, 728 cidadãos foram certificados. Os cursos foram ministrados em cozinhas localizadas em equipamentos públicos, como CRESANs, CEUs e de organizações parceiras.

Novas Qualificações

A Fundação Paulistana vai promover um segundo ciclo de qualificações por meio de dois Termos de Fomento. O objeto destes termos inclui a oferta de 6.080 vagas, em 18 temas diferentes do setor da gastronomia.

As qualificações são gratuitas e vão acontecer em 16 Centros Educacionais Unificados (CEUs) espalhados nas 4 macrorregiões de São Paulo, entre novembro de 2022 e novembro de 2023.


CEUs participantes: Aricanduva, Inácio Monteiro, Parque Veredas, Quinta do Sol, Jaguaré, Uirapuru, Anhanguera, Campo Limpo, Paz, Pêra Marmelo, Perus, Vl. Atlântica, Vila do Sol, Navegantes, Heliópolis e Parelheiros.

 
CALENDÁRIO DE CURSOS E OFICINAS E INSCRIÇÃO AQUI Zonas Norte e Sul, Zonas Leste e Oeste

Acesse aqui o conteúdo programático das oficinas e cursos. Clique aqui

Boas práticas de manipulação de alimentos


A Portaria SMS 2619/2011, legislação sanitária municipal, dispõe sobre a obrigatoriedade da realização de curso de boas práticas de manipulação de alimentos por todos os manipuladores que atuam no setor de Alimentos & Bebidas como varejistas, comerciantes de comida rua, feirantes, entre outros.


Agora a SMDET tem mais uma alternativa para o manipulador de alimentos: um curso online gratuito disponível no Portal do Cate https://bit.ly/cateboaspraticas . O curso é reconhecido pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde (COVISA) e gera certificado. Acesse aqui a versão em PDF.

 

Legislações e manuais


PORTARIA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TRABALHO – SMDET Nº 33 DE 15 DE OUTUBRO DE 2019 - dispõe sobre o Programa Municipal Cozinha Escola.

 

RESOLUÇÃO-RDC N° 49, DE 31 DE OUTUBRO DE 2013 - dispõe sobre a regularização para o exercício de atividade de interesse sanitário do microempreendedor individual, dentre outros.

 

Cartilha do Microempreendedor Individual - MEI - 1 ª Edição - "Esta cartilha tem como objetivo auxiliar o microempreendedor individual (MEI), instalado no município de São Paulo, nas Boas Práticas de Manipulação de Alimentos, visando garantir a qualidade e segurança dos produtos oferecidos à população." (fonte: Covisa)
Acesse aqui o conteúdo integral da cartilha.

 

Manual de Boas Práticas de Manipulação de Alimentos - COVISA - 2019

 

Serviço
Cozinha Escola
Inscrições: acompanhe as atualizações desta página para mais informações sobre novas turmas.
Locais: cozinhas localizadas em equipamentos públicos e de parceiros.

Atividade gratuita