Share

Marina Silva

Setembro/2008

 

 “Para defender o planeta, primeiro é preciso que a gente tome consciência de que não basta mudar as nossas tecnologias inadequadas, os usos inadequados que fazemos dos recursos naturais, mas mudar, principalmente, a atitude inadequada que temos para com a tecnologia e os recursos naturais. E nos percebermos como uma forma de existência que depende das outras formas de existência. Quando a gente se perceber dessa forma, com certeza vamos errar menos, ter que corrigir menos e prevenir mais”.

 

 Marina Silva


Nascida em 1958, no Acre, a senadora Marina Silva (Maria Osmarina Marina Silva de Souza Vaz de Lima) tem sua trajetoria de vida pautada em favor da preservação do meio ambiente, da sustentabilidade e da valorização das comunidades locais e tradicionais da floresta amazônica. Eleita em 1994 e reeleita em 2002, durante sua legislatura apresentou diversos projetos, como o que disciplina o acesso aos recursos da biodiversidade brasileira e ao conhecimento das populações tradicionais. De 2003 a 2006, assumiu o cargo de ministra do Meio Ambiente, instituindo um novo modelo de gestão ambiental com a participação de setores do governo federal e da sociedade, dando origem ao Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento, reduzindo em mais de 50% a taxa de desmatamento da Amazônia entre 2004 e 2006. Considerada uma dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, teve sua biografia publicada no Brasil e no exterior e recebeu diversos prêmios. Entre eles: Champions of the Earth (Campeões da Terra), de 2007, maior prêmio ambiental concedido pela Organização das Nações Unidas (ONU); Goldmann de Meio Ambiente (1996); "25 Mulheres em Ação no Mundo pela Vida na Terra", (ONU - 1997); Prêmio al Desarrollo Sostenible 2003 - Fundación Ecologia y Desarrollo, Espanha .