Coronavírus

Notificação de casos

#PraCegoVer: arte possui fundo azul. Há algumas ilustrações em branco e laranja, que representam vírus. Em letras brancas e laranja está escrito: Notificação compulsória

 

NOTIFICAÇÃO

1- Notificação de casos com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) internados - Sistema SIVEP GRIPE.

-Coletar amostra (SWAB para RT-PCR)

- Preencher a Ficha de investigação de Síndrome Respiratória Aguda Grave Hospitalizado

- Digitar no Sistema de informação SIVEP-Gripe (hospitais)

-AMA, UPA, PA e PS enviar a ficha preenchida manualmente ou em pdf preenchível para a UVIS de referência e o hospital que fará a internação do paciente.

 

2- Notificação de todos os casos de síndrome gripal em todos os equipamentos de saúde do município de São Paulo (não internados).

- Coletar amostra (SWAB para RT-PCR) 

- Digitar no sistema: E-SUS VE

- Estes casos devem receber orientação nas UBS e recomenda-se que casos de risco (com comorbidades, idosos) sejam acompanhados e bem orientados, reforçando-se a orientação de que, apesar do isolamento, em qualquer sinal de piora deve-se procurar atendimento.

 

3- Notificação de casos de surtos de Síndrome Gripal em instituições fechadas.

-Coletar amostra (SWAB)

-Notificadas pelo sistema SINAN NET

 

4- Notificação de casos em unidades sentinelas.

- Notificação de Síndrome Gripal e SRAG em unidades sentinelas já estabelecidas

-Coletar amostra (SWAB)

- Notificar no sistema SIVEP-GRIPE

______________________________________________________________________________


 

DEFINIÇÃO DE CASO

SÍNDROME GRIPAL – SG

Indivíduo com quadro respiratório agudo, caracterizado por sensação febril ou febre, mesmo que relatada, acompanhada de tosse OU dor de garganta OU coriza OU dificuldade respiratória.

  • EM CRIANÇAS: considera-se também obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico.
  • EM IDOSOS: a febre pode estar ausente. Deve-se considerar também critérios específicos de agravamento como sincope, confusão mental, sonolência excessiva,irritabilidade e inapetência.

SÍNDROME RESPIRATÓRIA AGUDA GRAVE – SRAG

Indivíduo de qualquer idade, com síndrome gripal (conforme definição anterior) e que apresente dispneia ou os seguintes sinais de gravidade:

• Saturação de O2 <95
• Sinais de desconforto respiratório ou aumento da frequência respiratória avaliada de acordo com a idade.
• Piora nas condições clínicas de doença de base.
• Hipotensão em relação à pressão arterial habitual do paciente.
• Indivíduo de qualquer idade com quadro de insuficiência respiratória aguda, durante período sazonal.
 

MAIS INFORMAÇÕES

Imagem com o fundo azul com o texto coronavirus em laranja e abaixo escrito Fakenews em branco.
Imagem com o fundo azul e o titulo documentos tecnicos em laranja e abaixo escrito novo coranavirus