Secretaria Municipal de Cultura promove concurso para reconhecer a trajetória cultural dos blocos de carnaval de rua

Edital seleciona 300 blocos para serem premiados financeiramente e apoia a continuidade do carnaval paulistano, promovendo-o a instrumento cultural e econômico

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, anuncia a abertura do concurso para a primeira Premiação de Reconhecimento por Trajetória Cultural dos Blocos de Carnaval de Rua neste sábado (22). O edital visa a apoiar e fortalecer os blocos de rua, além de reconhecer seu valor histórico e sua contribuição à consolidação da cultura do carnaval paulistano. A iniciativa premia financeiramente 300 blocos, cujas inscrições devem ser submetidas até às 23h59 de 22/11 por meio de um formulário - para acessar o documento, clique aqui. Neste sábado (19), as inscrições foram prorrogadas até 30/11.

“Depois de dois anos sem colocar o bloco na rua, esse investimento de mais de $4 milhões vem para apoiar e fortalecer o nosso carnaval, em especial os blocos regionais. Dessa forma, fazemos chegar o recurso para essa retomada ser uma folia completa”, declara a Secretária Municipal de Cultura Aline Torres.

De modo a descentralizar e democratizar o acesso aos recursos públicos e apoiar a continuidade do carnaval na cidade de São Paulo, o Edital eleva o nível cultural, profissional, social e econômico do Carnaval de Rua ao promovê-lo como instrumento não só cultural, mas também de trabalho e empreendedorismo.

Para isso, foram reservados R$ 4.200.000 (quatro milhões e duzentos mil reais) para a realização desta iniciativa, que considera o impacto econômico sofrido pelo setor carnavalesco durante a pandemia da Covid-19, que impossibilitou os desfiles dos últimos dois anos. Este valor será dividido entre os participantes - assim, o fomento premia com R$ 14.000,00 cada um dos 300 blocos.

Podem participar, contudo, blocos já experientes no ramo - isto é, que tenham realizado, no mínimo, duas atividades e/ou manifestações culturais em duas edições diferentes dos carnavais de rua de São Paulo desde 2016, além de ter uma trajetória de trabalho continuado de, pelo menos, seis anos.

Os blocos serão avaliados por uma Comissão Avaliadora, que terá no mínimo 30 (trinta) dias corridos a partir da data da publicação da composição da comissão no Diário Oficial, para entregar à SMC a lista dos inscritos pré-selecionados que poderão receber a premiação.

Para conferir a minuta do Edital completa, clique aqui. As inscrições são feitas por meio deste link.