Programação de Agosto - Casas de Cultura

Confira a programação completa

Arte IsheOne dedica expressões culturais - Grafite

A partir da articulação entre jovens monitores culturais na Casa de Cultura Chico Science, o participante do projeto Criatividades da Biblioteca Roberto Santos e a artista IsheOne Graff, será articlado a ocupação de um mural na Casa de Cultura Chico Science, com temática capoeira, linguagem que acontece a muito tempo no território. Foi pensado para a Biblioteca uma arte direcionada ao cinema brasileiro, pois a biblioteca dispõe de um cinema. A artista, Ish?One, mulher de periferia da zona Oeste de SP, busca trazer em suas obras identificação para o território, através do grafite traz para cada um dos painéis uma construção coletiva para cada obra.

| Casa de Cultura Ipiranga Chico Science. 01/08 às 10h. Livre. Grátis. 240 minutos.

 

O Cortejo do Boizinho-Bike - Cultura Popular e Tradicional

Você conhece a história do bumba-meu-boi, tradicional das festas juninas? Venha fazer uma máscara do boi do maranhão a partir de materiais do nosso cotidiano e nos acompanhe em uma viagem musical guiada pela bicicleta-boi ao som do ritmo do bumba-meu-boi, presente em vários territórios de norte a sul do Brasil. Uma voz surge para contar a história de como nasce e se populariza a festa do boi por todo o país.

| Casa de Cultura São Mateus. 02/08 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

A Raposa e os coelhos da Páscoa - Apresentação Infantil

Uma raposa faminta à procura de comida, encontra várias cestas cheias de frutas e ovos de Páscoa que pertencem a três coelhos trabalhadores e protetores da natureza. O Leãozinho Vermelho por ser o maior defensor da natureza, na história, e por ter uma grande amizade com os coelhinhos, percebe que a tal Raposa quer pegar as cestas deles e não mede esforços para ajudá-los porque entende que isso não está certo. Diante da inesperada presença do Leão a Raposa percebe que não será fácil o seu intento, por isso, se vê obrigada a tentar ludibriar também a plateia para levar as cestas embora.

| Casa de Cultura Campo Limpo. 02/08 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Curumierê - Principia, um canto pela educação - Cultura Popular e Tradicional

As músicas brincantes sobre as raízes africanas são a forma criativa, o que estimula a retenção do conhecimento. A musicalidade a Xangô, Ossaim, Iemanjá, Iansã são apresentadas ao público, mas o quê os orixás tem a ver com os indígenas? São os espíritos indígenas, os mensageiros dos orixás. Porque os orixás não chegam na Umbanda, eles são da Nação Afro, então os caboclos são mensageiros dos orixás.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. 03/08 às 14h. Livre. Grátis. 45 minutos.

 

Capoeira Ginga e Raça a Origem - Cultura Popular e Tradicional

Nesta roda da semana da capoeira teremos uma vivência com o Mestre Oreia, e a tradicional roda da praça que acontece há mais de 15 anos, desta vez com o mestre Pepeu diretamente da Rússia com a galera da ginga e Raça.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. 03/08 às 19h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Mostra Ecofalante: Arte-Educação-Ambiental com Karu Oliveira - Debate

A Casa de Cultura Chico Science em parceria com a SPCINE, apresenta a Mostra Ecofalante de Cinema, o maior e mais importante evento cinematográfico sul-americano dedicado a temas socioambientais. Além das exibições, a Mostra provoca debates temáticos, aproximando as questões da realidade de cada um de nós. Assim, mais do que um festival de cinema, a Mostra Ecofalante é uma plataforma de difusão e debate sobre os desafios do mundo atual. Nesse sentido, convidamos a Karú Oliveira para mediar um diálogo com estudantes das escolas públicas da região.

| Casa de Cultura Ipiranga Chico Science. 04/08 às 14h. Livre. Grátis. 150 minutos.

 

O país que perdeu as cores - Teatro Infanto-juvenil

O País que perdeu as cores é uma áudio-peça infanto-juvenil que fala sobre um povo que perdeu todo o seu colorido quando um presidente mandão e autoritário toma o poder. A Companhia Barco oferece uma escuta da áudio-peça e após seu término há uma atividade interativa e reflexiva com o público. Atividade inclusiva para pessoas com deficiência visual.

| Casa de Cultura Campo Limpo. 04/08 às 14h. Livre. Grátis. 100 minutos.

 

Fabulinhando o Modernismo - Teatro Infantil

Num encontro entre literatura e artes visuais o projeto Fabulinhando se utiliza da imagem para desencadear processos de narrativa oral e escrita dentro de um campo relacional entre artistas-mediadores e crianças no qual o público irá criar narrativas para obras do modernismo brasileiro que lhe serão apresentadas em sessões de contação de histórias.

Num segundo momento as histórias criadas a partir daquilo que se observou nas telas são recontadas pelos contadores tendo o próprio público como interlocutor e contador das histórias, visto que as narrativas produzidas são de autoria coletiva.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. 04/08 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Fabulinhando o Modernismo - Teatro Infantil

Num encontro entre literatura e artes visuais o projeto Fabulinhando se utiliza da imagem para desencadear processos de narrativa oral e escrita dentro de um campo relacional entre artistas-mediadores e crianças no qual o público irá criar narrativas para obras do modernismo brasileiro que lhe serão apresentadas em sessões de contação de histórias.

Num segundo momento as histórias criadas a partir daquilo que se observou nas telas são recontadas pelos contadores tendo o próprio público como interlocutor e contador das histórias, visto que as narrativas produzidas são de autoria coletiva.

| Casa de Cultura São Mateus. 05/08 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Workshop musicalização com Inglês - Música

Léo Saoud compartilha conhecimentos em inglês usando como ferramenta principal a música.

| Casa de Cultura São Rafael. 05/08 às 16h. 12 anos. Grátis. 60 minutos.

 

"Estandartes a Orixás:" Oxum e Iemanjá por Soberana Ziza - Intervenção Visual

"Estandartes a Orixás: Oxum e Iemanjá" por Soberana Ziza dá continuidade ao projeto da Casa de Cultura Casarão "Estandartes a Orixás" que visa valorizar as Artes Visuais. Convidamos a artista Soberana Ziza para desenvolver em tecidos de algodão cru de quatro metros quadrados dois estandartes que ficarão expostos.

Soberana Ziza vai retratar de forma lúdica e criativa, com referências na ancestralidade e religiosidade africana e o seu vasto e rico fundamento incorporados na cultura brasileira, quando os primeiros escravizados desembarcaram no Brasil - as rainhas das águas - Oxum e Iemanjá, mãe e filha. Oxum é a orixá da fertilidade, protetora do amor, presença sensível e Iemanjá é a força maternal e amor puro, padroeira dos afetos.

| Casa de Cultura Vila Guilherme - Casarão. 05/08 às 18h. Livre. Grátis. 180 minutos.

 

Mês do Samba Rock com o Eu Soul Sambarock - Intervenção Artística

Uma grande festa em Celebração à grandiosidade do Movimento Samba-Rock! No mês do Samba-Rock, o Coletivo Eu Soul Sambarock irá trazer um baile aberto composto das diversas vertentes desta cultura que é Patrimônio Cultural e Imaterial da cidade de São Paulo.

| Casa de Cultura Ipiranga Chico Science. 05/08 às 19h. Livre. Grátis. 150 minutos.

 

Sarau Musical da Capoeira, Encontro Camaradagem: celebração de entrega de graduações | Oralidades Pretas - Dança

Sarau Musical da Capoeira traz a junção da oralidade oriunda de culturas tradicionais de matriz africana como a capoeira, samba de roda, jongo, o maculelê, o rap e as danças afro, em um ambiente de mistura poética. O coletivo de artistas que nasce das oficinas de capoeira realizadas na Casa de Cultura Chico Science, na afirmação da execução da cultura negra pelo próprio negro à sua representatividade, busca fomentar a oralidade às novas gerações e recriar o papel histórico dos mestres do saber (griots) das linhagens de matriz africana.

| Casa de Cultura Ipiranga Chico Science. 06/08 a partir das 09h. Livre. Grátis. 480 minutos.

 

As Arrumadinhas - Música

No forro? chamamos de Arrumadinho quando misturamos artistas de bandas diversas, ou seja um integrante de cada banda, para dividirem o mesmo palco. As integrantes do coletivo realizam suas performances com muita presença, beleza e interação com o público, em um convite para movimentarem os corpos com leveza, bem estar e felicidade.

O repertório contém músicas clássicas do forró e canções autorais das artistas do coletivo. Buscamos em sua maioria, composições e canções de mulheres, homenageando algumas referências como: Marinês, Anastácia, Elba Ramalho, Cecéu, Hermelinda, dentre outras.

| Casa de Cultura Guaianases. 06/08 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Vivência de Cantos Sagrados - Cultura Popular e Tradicional

Vivência de Cantos com grupo de artes Dyroá Bayá da Etnia Tariano com seu local de origem de Iauaretê, que fica localizado no Amazonas. Nesta vivência de cantos promove um momento de partilha com os participantes de forma tradicional com uma canção para que eles ouçam e sintam a força de cada palavra dentro da música. No segundo momento o público é convidado para cantar junto com o grupo. Vale ressaltar que essas canções é um modo dos indígenas do alto rio negro a entrar em contato com os seus ancestrais.

| Casa de Cultura São Miguel. 06/08 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Sarau Museu do Inusitado + Documentário sobre Vivências Da Aldeia Takua Ju Mirim e Irexakã - Sarau

O Sarau Museu do Inusitado + Documentário sobre Vivências Da Aldeia Takua Ju Mirim e Irexakã é um encontro multi-artístico e cultural em formato de Sarau, tendo seu foco na integração de linguagens, nas trocas artísticas plásticas, na arte corporal e na música. Buscando uma experimentação livre com conexão das pesquisas artísticas ditas eruditas contemporâneas com a arte periférica e tradicional, proporcionando um fazer vivo da arte.

| Online no Facebook da Casa de Cultura de Parelheiros. 06/08 às 16h. 12 anos. Grátis. 90 minutos.

 

Dj Kmina - Música

Dj K-Mina vai trazer um set especial em alusão ao Dia do Rap Nacional, transitando entre o old school e a nova escola; expressando dessa forma, uma discotecagem que foge do clichê com várias vertentes que fazem parte do extenso universo que é o rap e o hip-hop.

| Casa de Cultura Brasilândia. 06/08 às 16h30. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Brincadeiras Culturais - Cultura Popular e Tradicional

Apresentação de um cortejo que contará com músicas populares, tais como: ciranda, cacuriá e uma samba de roda que iniciará uma emocionante volta as origens da cultura popular brasileira. Um mergulho em brincadeiras tradicionais como bolas de sabão gigantes, perna de pau e circenses como malabares; convidando as crianças grandes e pequenas a viver momentos mágicos de muita alegria, visitando e construindo novas memórias.

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. 06/08 às 17h30. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Mês do Samba Rock com o Eu Soul Sambarock - Intervenção Artística

Uma grande festa em Celebração a grandiosidade do Movimento Samba-Rock! No mês do Samba-Rock, o Coletivo Eu Soul Sambarock irá trazer um baile aberto composto das diversas vertentes desta cultura que é Patrimônio Cultural e Imaterial da cidade de São Paulo.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. 06/08 às 18h. Livre. Grátis. 150 minutos.

 

Baile LGBTQIAP+ - Música

Caruso Rodrigues é um artista LGBTQIAP+. Caruso apresenta do seu primeiro álbum intitulado BOUTIQUE, em parceria com a produtora e Compositora Skye e um feat. Com o artista Guigo (Quebrada Queer).

| Casa de Cultura São Rafael. 06/08 às 18h. Livre. Grátis. 180 minutos.

 

Ndee Naldinho na Brasa - Música

O espetáculo Ndee Naldinho contempla uma hora de apresentação, reunindo famosas canções de um dos maiores cantores e compositores do rap brasileiro, clássicas canções como "O Melô da Lagastixa", "Aquela Mina é Firmeza", "O Povo da Periferia". Compõem o repertório de onze canções que embalam gerações de forma atemporal.

Ndee Naldinho é um narrador de realidade urbana, periférica e traz consigo nesta apresentação a síntese do seu trabalho para o público, a fim de traduzir sua trajetória discográfica que é a maior do rap nacional.

| Casa de Cultura Brasilândia. 06/08 às 18h30. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Florilégio - Teatro Adulto

"O espetáculo parte do território do real, ancestral e dos sonhos, em um espaço/tempo que nos aproxima de pessoas e histórias. Entre poesias, músicas, danças, lutas, mas também entre encontros e desencontros próprios de nosso tempo, transitando por narrativas que envolvem a construção de uma comunidade; construindo uma tessitura em torno dos sentidos do esperançar - inspiração vinda do educador Paulo Freire."

| Casa de Cultura Vila Guilherme - Casarão. 06/08 às 19h30. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Saladinha de Chita - Brincante

O espetáculo infantil "Saladinha de Chita" reúne canções que aludem a diversos animais e figuras do folclore brasileiro ao mesmo tempo em que convida a criançada para brincar e dançar os ritmos do Cacuriá (Maranhão), do Samba de Coco (Pernambuco e Alagoas) e da Ciranda (Pernambuco). O Balé Popular Cordão da Terra acredita que não há melhor forma de aprender do que pelo brincar, pelo laço afetivo, pelo desenvolvimento da capacidade de escuta e a coletividade.

| Casa de Cultura Campo Limpo. 07/08 às 14h. Primeira infância. Grátis. 60 minutos.

 

Oralidades Pretas e Sarau Musical da Capoeira - Cultura Popular e Tradicional

Sarau Musical da Capoeira traz a junção da oralidade oriunda de culturas tradicionais de matriz africana como a capoeira, samba de roda, jongo, o maculelê, o rap, as danças afro, em um ambiente de mistura poética, um espaço dedicado à poesia corporal, musical e falada onde a diversidade é convidada de honra na celebração por meio de ritmos e batucadas.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. 07/08 às 14h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

Portando os Docs: As encruzilhadas do Circo de Rua - Debate

O "Portando os Docs" tem como objetivo facilitar a compreensão de artistas e produtores da periferia sobre os processos burocráticos dentro da profissão. Será um encontro palestra/roda de conversa com Neryssa Sayuri e Verde (Lucas Valverde).

| Casa de Cultura São Rafael. 07/08 às 17h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene - Cultura Popular e Tradicional

Aparentemente simples, uma cabaça, um arame e um pedaço de pau, o berimbau possui força e magia, histórias de luta e liberdade, sendo um ícone da identidade cultural brasileira. Com berimbaus afinados, agrupados em naipes, arranjos e regência do Mestre Dinho Nascimento, a Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene vai interpretar toques de capoeira, cantigas do cancioneiro popular, samba-de-roda e outros ritmos.

| Casa de Cultura Campo Limpo. 07/08 às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

EU QUERO É CANTAR LUIZ - Cultura Popular e Tradicional

Sarah Brasil é cantora e compositora com quatro CDs gravados em 2015. Apresenta um CD cultural autoral com o título “SAGA DE VIRGULINO FERREIRA O LAMPIÃO”, atualmente transformado em um musical cênico com ritmos nordestinos, um verdadeiro cordel cantado, onde a autora expõe, em verso e prosa, seus mais de dez anos de pesquisa sobre esse ícone da cultura nordestina, que inspira artistas de diversos segmentos. E o outro CD intitulado “ASTRO REI”, também autoral, vem no estilo MPB acústico.

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. 07/08 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Festa na terra da mandioca - Contação de Histórias

Festa na Terra da Mandioca é um encontro brincante entre o folclore brasileiro e a plateia. Todos são convidados a ouvir as lendas da nossa terra, dentre elas a do Saci-Pererê e a do Lobisomem.

| Casa de Cultura São Rafael. 10/08 às 09h30. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

WorkShop: O Poder da Natureza sobre o Auto Conhecimento

Para introduzir esta apresentação é necessário abordarmos um pouco da história de nosso povo e de nosso país, ressaltar a importância sobre a maneira que vivem, tradições e a evolução dos povos indígenas, a influência e o poder que todo esse conhecimento ancestral tem sobre nosso planeta nos tempos atuais.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. 10/08 às 10h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Nasci Fulni-ô, a etnia que resiste por sua oralidade.

A intervenção propõe um momento de convívio por meio da apresentação da cultura indígena e suas lutas. O Grupo Yamititkwa Sato da etnia Fulni-ô é considerado um dos povos indígenas do nordeste com maior resistência às modificações de sua cultura, pois conseguiram preservar e transmitir às futuras gerações seu idioma materno, o Yaathe que significa nossa boca, nossa fala. Nesta ocasião apresentam seu modo de ser, suas visões de sociedade e como é o dia a dia na aldeia onde moram.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. 10/08 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Vivência de Cantos Sagrados - Cultura Popular e Tradicional

Vivência de Cantos com o grupo de artes “Dyroá Bayá” da etnia Tariano com seu local de origem de Iauaretê que fica localizado no Amazonas, promove um momento de partilha com os participantes de forma tradicional, com uma canção para que eles ouçam e sintam a força de cada palavra dentro da música. No segundo momento o público é convidado para cantar junto com o grupo. Vale ressaltar que essas canções são um modo dos indígenas do alto do rio negro entrar em contato com os seus ancestrais.

| Casa de Cultura Tremembé. 10/08 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

GB! Itinerante - Intervenção Artística

O coletivo Gibiteca Balão trás sua experiência através do GB! Itinerante, uma seleção de seu acervo de quadrinhos, mangás e jogos de tabuleiro modernos, contando com mediadores de leitura e monitores de jogos, instrutores para a prática desportiva de Swordplay, combate com armas de espuma, roda de conversa sobre o acervo do grupo, produção e ilustração de quadrinhos da GB!

| Casa de Cultura Raul Seixas. 11/08 às 13h. Livre. Grátis. 240 minutos.

 

WorkShop: O Poder da Natureza sobre o Autoconhecimento - Cultura Popular e Tradicional

Para introduzir esta apresentação é necessário abordarmos um pouco da história de nosso povo e de nosso país, ressaltar a importância sobre a maneira que vivem, tradições e a evolução dos povos indígenas, a influência e o poder que todo esse conhecimento ancestral tem sobre nosso planeta nos tempos atuais.

E para trazer esse conhecimento e sabedoria de uma forma ainda mais intensa, vivenciar um pouco da força de suas cantigas ancestrais, o poder que a reza, a música, e sua espiritualidade tem sobre nosso corpo físico e mental.

| Casa de Cultura Guaianases. 11/08 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Vivência de Cantos Sagrados - Cultura Popular e Tradicional

Vivência de Cantos com o grupo de artes “Dyroá Bayá” da etnia Tariano com seu local de origem de Iauaretê que fica localizado no Amazonas, promove um momento de partilha com os participantes de forma tradicional, com uma canção para que eles ouçam e sintam a força de cada palavra dentro da música. No segundo momento o público é convidado para cantar junto com o grupo. Vale ressaltar que essas canções são um modo dos indígenas do alto do rio negro entrar em contato com os seus ancestrais.

| Casa de Cultura Tremembé. 11/08 às 18h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Mulheres na Técnica - Música

Mulheres na Técnica é uma iniciativa inspirada no PIAC “O Protagonismo da Mulher na Técnica - 2021" e busca estimular o interesse e a participação de todas as mulheres nas áreas técnicas de produções artísticas. Convidando artistas técnicas para uma vivência intensiva, e também pelo contato com as mulheres referências da cena. Neste primeiro ciclo, a vivência estará focada no aúdio, e o evento terá abertura exclusiva para participação de todas as mulheres, além das convidadas: Jéss e Bianca Santos.

| Casa de Cultura Vila Guilherme - Casarão. 12/08 às 10h. 18 anos. Grátis. 360 minutos.

 

11ª Mostra Ecofalante de Cinema (Crescer onde o sol nasce) - Cinema + Debate

No Alto do Sol Nascente não tem praça, nem parque. As crianças que crescem onde o sol nasce demarcam com as próprias mãos os territórios do brincar.

| Casa de Cultura São Mateus. 12/08 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

11ª Mostra Ecofalante de Cinema (Quem saiu para entrega?) - Cinema + Debate

Histórias de entregadores de comida por aplicativo em um Brasil em pandemia. Um documentário em formato vertical, dirigido remotamente.

| Casa de Cultura São Mateus. 12/08 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Essa Gente Que Menstrua - Teatro Adulto

Quatro Amazonas cravam as trincheiras da luta contra o patriarcado diante dos olhos do Público. Com seus Corpo— Mulheres, grávidas da experiência de ser o que se é – Mulher no Século XXI- , buscam parir o caminho para um novo tempo.

| Casa de Cultura São Miguel. 12/08 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

11ª Mostra Ecofalante de Cinema (Lua, mar) - Cinema + Debate

Em um futuro próximo, a periferia paulista, alagada devido ao agravamento do aquecimento global, assiste ao início de um projeto mundial de colonização da Lua. Mauro reencontra sua ex-namorada de 10 anos atrás – Luana. Ele é um militante anticolonização, ela acabou de prestar os exames para se tornar uma das primeiras colonizadoras da Lua. O que prevalecerá, o afeto ou a ideologia?

| Casa de Cultura São Mateus. 12/08 às 17h. 12 anos. Grátis. 60 minutos.

 

11ª Mostra Ecofalante de Cinema (Crescer onde o sol nasce) - Cinema + Debate

No Alto do Sol Nascente não tem praça, nem parque. As crianças que crescem onde o sol nasce demarcam com as próprias mãos os territórios do brincar.

| Casa de Cultura São Mateus. 12/08 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Paulo Mano canta Belchior - Música

Nesse espetáculo o cantor Paulo Mano faz uma tributo em homenagem ao grande Belchior com a banda satélite, tocando clássicos da carreira do artista.

| Casa de Cultura São Rafael. 12/08 às 19h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Música Popular Underground - Música

"Música Popular Underground'' é um selo musical composto pelos artistas Adiel Veras, Demark, Doug, Gab Ribeiro, Lucas e Rafael Delazare com influências do Hip-Hop. Atualmente, além de trabalhos solo, o projeto produz o álbum “Rádio MPU” que conta com a participação de vários outros artistas da cena.

O selo é resultado de um experimento musical que busca misturar diferentes vertentes do Hip-Hop, Pop e MPB, misturando elementos eletrônicos e instrumentos orgânicos.

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. 12/08 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Grupo Indígena Xeketé apresenta "Filhos Dessa Terra" - Artes Manuais

Feira de Artesanato com Produtos Indígenas, na praça Silva Teles e Apresentações Artísticas com o Grupo XEKETÉ de Canto e Danças Indígenas.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. 13/08 às 10h. Livre. Grátis. 300 minutos.

 

Desconstrução de estereótipos e Identidade Indigena.

Bate papo com Sheila Santos do Instituto Casa Cairo sobre Desenvolvimento sustentável e promoção á saúde reprodutiva e com Lenildo Máximo da Silva Etnia Wassu Cocal.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. 13/08 às 11h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

Ideias para adiar o fim do mundo - Cultura Popular e Tradicional

Ailton Krenak é considerado uma das maiores lideranças do movimento indígena brasileiro, possuindo reconhecimento internacional. Mais de 35 anos depois de participar da Assembleia Constituinte de 1987 - um importante marco na luta pelos direitos dos povos indígenas -, o líder indígena Ailton Krenak fala sobre memória, identidade e território neste encontro onde o público terá o privilégio de ouvir autor da importante obra “Ideias para adiar o fim do mundo”.

| Casa de Cultura Raul Seixas. 13/08 às 14h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

Vivência de Cânticos Indígenas - Cultura Popular e Tradicional

Vivência de Cantos com grupo de artes Dyroá Bayá da Etnia Tariano com seu local de origem de Iauaretê, que fica localizado no Amazonas. Nesta vivência de cantos promove um momento de partilha com os participantes de forma tradicional com uma canção para que eles ouçam e sintam a força de cada palavra dentro da música. No segundo momento o público é convidado para cantar junto com o grupo. Vale ressaltar que essas canções é um modo dos indígenas do alto rio negro a entrar em contato com os seus ancestrais.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. 13/08 às 14h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Nas Batalhas - Dança

Com intuito de trazer visibilidade para a cena de Hip Hop de São Mateus, sobretudo das Street Dances, Eduardo Dialético convida o projeto "Prática Vila Bela" para juntos realizarem o evento "Nas Batalhas" onde dançarinos se reunirão para apresentarem suas performances por meio de batalhas que serão divididas em duas categorias Alstyle e Popping.

| Casa de Cultura Guaianases. 13/08 às 15h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

KRUMP Sessions - Dança

Criado em 2009 devido a ascensão deste estilo de dança, que marcou sua chegada dando destaque para sua expressividade, o KRUMP ganhava o mundo através do documentário RIZE por David LaChapelle (2005) como também as Street Sessions (dançando nas ruas) e tutoriais, neste intuito vimos a oportunidade de organizar um evento onde pudéssemos reunir pessoas com interesses em comum para aprender e aprimorar sua dança. Com o tempo surgiram batalhas e seus formatos, KRUMP Sessions foi o primeiro evento para esta modalidade de dança aqui no BRASIL.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. 13/08 às 15h. Livre. Grátis. 240 minutos.

 

Roda de coco com Semente Crioula - Cultura Popular e Tradicional

Grupo de Coco Semente Crioula apresenta em seu show composições próprias e intervenções poéticas, celebrando as culturas negra, indígena, nordestina e popular. A proposta é integrar o público para que compartilhem memórias, danças, cantigas e sons. Misturando instrumentos de percussão africanos e estilos de danças indígenas, o Coco é um ritmo musical que nasceu na região nordeste do Brasil na metade do século XVIII. Em estados nordestinos como Pernambuco, Alagoas e Paraíba é possível vivenciar rodas de coco que fazem parte de festas de comunidades tradicionais.

| Casa de Cultura Raul Seixas. 13/08 às 16h. Livre. Grátis.60 minutos.

 

O Inventor de Sonhos - Teatro Infanto-juvenil

“O Inventor de Sonhos'' traz uma das mil facetas deste gênio da humanidade - Leonardo da Vinci - a escrita. A partir das fábulas que o artista contava aos populares do seu tempo, se divertindo fazendo a plateia pensar, construímos uma dramaturgia imaginária para ascender nas crianças e nos adultos o amor à arte, aos artistas e a defesa da natureza, como Vinci lutou no seu tempo.

| Casa de Cultura Tremembé. 13/08 às 16h. Livre. Grátis. 50 minutos.

 

Roda de Samba Terreirão SP - Música

O projeto musical itinerante Roda de Samba Terreirão é formado pelos melhores sambistas de São Paulo, selecionados criteriosamente pelas suas experiências profissionais e individuais adquiridas em suas carreiras. Eles se apresentam nas mais tradicionais casas de samba de São Paulo, como Vila do Samba, Bar Templo, Circuito Sesc entre outros.

| Casa de Cultura M'Boi Mirim. 13/08 às 16h. Livre. Grátis. 80 minutos.

 

Tributo ao Artista - Teatro Adulto

O Espetáculo A Cidade Das Máquinas - Tributo à John Lennon (ao artista) tem como pano de fundo a época do assassinato do Super ídolo (John Lennon) nos anos 80. A peça conta a história de Cláudio Camargo, jovem poeta, ator, sonhador e idealista que divide um pequeno apartamento com Nilo, artista plástico, vendedor de quadros em feiras de artesanato, completamente cético em relação à vida. Nos diálogos entre eles há várias personagens paralelas que abordam as diversas mazelas da sociedade como: relações pessoais, o consumismo, irresponsabilidade ao volante, drogas, homofobia, religião, mídia, corrupção e política, pois mostra o homem dentro de um contexto que nos leva a refletir sobre o dilema do destino inexorável das tragédias gregas e o existencialismo de Sartre, no qual o inferno são os outros.

| Casa de Cultura Butantã. 13/08 às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Nas Batalhas - Dança

Com intuito de trazer visibilidade para a cena de Hip Hop de São Mateus, sobretudo das Street Dances, Eduardo Dialético convida o projeto "Prática Vila Bela" para juntos realizarem o evento "Nas Batalhas" onde dançarinos se reunirão para apresentarem suas performances por meio de batalhas que serão divididas em duas categorias Alstyle e Popping.

| Casa de Cultura São Mateus. 13/08 às 17h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Baile Black - Dança

O Baile Black não é somente um meio de entretenimento, mas sim um movimento em forma de resgate periférico, que leva a música, dança e a valorização da cultura HIP HOP para os espaços em forma de baile.

| Casa de Cultura São Rafael. 13/08 às 18h. Livre. Grátis. 180 minutos.

 

É hora de dançar, dançando! - Intervenção Artística

Mauricio Silveira junto com DJ Felipe trazem a vivência de Samba Rock com o intuito de promover bailes de Samba Rock como acontecia nos anos 70 - destacando as músicas que tocavam nos bailes de periferia, e trazendo a valorização dessa cultura - homenageando o dia do Samba Rock.

| Casa de Cultura Brasilândia. 13/08 às 18h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

Dos Tambores aos Toca Discos - Música

O espetáculo propõe uma performance entre a cultura ancestral e contemporânea, buscando resgatar e referenciar as riquezas da música negra, através de uma releitura dos ritmos africanos, brasileiros e afro-americanos. Serão apresentados grooves e batidas que irão se entrelaçar por meio da música percussiva em conjunto com a Cultura Hip Hop, tendo o DJ e seus Toca Discos como protagonistas.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. 13/08 às 18h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

Retomada - Música

No repertório, o grupo carrega consigo a força da fala (Nhe'e em Guarani), um misto de músicas tradicionais indígenas com a batida pulsante do rap, que atravessa mais uma fronteira, e traz consigo dessa vez, toda a força da cultura indígena Guarani - Kaiowá.

| Casa de Cultura São Miguel. 13/08 às 19h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Pew Mark Convida Dj André Mannrich, Edmonlive e Tio Fresh Sp Funk - Hip Hop

Pew Mark Convida é uma apresentação composta por Pew Mark, Edmonlive, Dj André Mannrich e dessa vez o convidado especial é o Tio Fresh, rapper que já tem vários trabalhos e parcerias de peso no cenário musical. Versos autorais e refrões marcantes são cantados e acompanhados de beats dançantes e envolventes. No decorrer da apresentação acontece o quadro homenagem no qual o mestre de cerimônia comenta sobre canções de outros artistas e o Dj André Mannrich solta trechos de músicas conhecidas como: Fim de semana no parque (Racionais Mc’s), Reggae power (Natiruts) e O Rap é compromisso (Sabotage), interagindo de forma direta e descontraída com o público.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. 13/08 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Nahin - Música

Nahim Jorge Elias Júnior é um cantor brasileiro nascido no interior de São Paulo em Miguelópolis. Em 1978, foi descoberto pelo presidente da Copacabana Discos, e assim Nahim gravou dois compactos em inglês e, em 1981, gravou o seu primeiro álbum em português.

Os maiores sucessos de sua carreira foram: “Dá Coração”, “Cala essa Boca”, “Taka Taka”, “Olhos Abertos” e “Docinho docinho”; o cantor gravou 14 álbuns e 86 músicas.

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. 13/08 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Baobá no Festival #ficaemCasarão - Música

Mulheres na Técnica é uma iniciativa, o nome “Muvúka” faz referência à palavra Mvúka - termo de origem bant, da língua quincoga, significa: aglomeração de pessoas ou ainda pode significar uma mistura de vários grãos e sementes com terra, para reflorestar uma área devastada numa definição de povos originários dessa terra Pindorama-Brasil.

Muvúka é sobre libertação e organização política, cultural e econômica da descendência africana e indígena nas Américas, é quilombo e é o aquilombamento do passado-presente-futuro. O repertório é composto por 12 canções autorais e algumas parcerias.

| Casa de Cultura Vila Guilherme - Casarão. 13/08 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Dança Xondaro - Dança

Os xondaro kuery, guerreiros Guarani Mbya da Terra Indígena Jaraguá, apresentam uma das suas danças tradicionais que preparam corpo e espírito.

| Casa de Cultura São Mateus. 14/08 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Workshop: Como utilizar a comunicação e as redes sociais a favor da sua carreira artística - Debate

Durante o evento serão abordadas questões relacionadas à imagem e ao uso das redes sociais de forma profissional, elevando o nível de consciência dos artistas sobre as oportunidades relacionadas a divulgação do seu trabalho, e como as ferramentas digitais contribuem para esse processo.

| Casa de Cultura Hip Hop Sul. 14/08 às 15h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

A Serpente e o Dragão - Apresentação Infantil

A peça infantil A Serpente e o Dragão, fala de dois animais que não tinham amigos e por uma distração de um deles, percebem que podem se aventurar juntos e com isso, acabam desbravando florestas e conhecendo outros amigos. E no final tem uma grande revelação.

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. 14/08 às 15h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Cinema indígena e bate-papo - Cinema + Debate

Exibição de filmes produzidos na aldeia Guarani no Jaraguá + roda de conversa com diretores e lideranças indígenas das Tekoa sobre as produções e os temas.

| Casa de Cultura São Mateus. 14/08 às 16h. Livre. Grátis. 120 minutos.

 

As Arrumadinhas - Música

No forro? chamamos de Arrumadinho quando misturamos artistas de bandas diversas, ou seja um integrante de cada banda, para dividirem o mesmo palco.

As integrantes do coletivo realizam suas performances com muita presença, beleza e interação com o público, em um convite para movimentarem os corpos com leveza, bem estar e felicidade.

O repertório contém músicas clássicas do forró e canções autorais das artistas do coletivo. Buscamos em sua maioria, composições e canções de mulheres, homenageando algumas referências como: Marinês, Anastácia, Elba Ramalho, Cecéu, Hermelinda, dentre outras.

| Casa de Cultura Raul Seixas. 14/08 às 16h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Batuki Mulher - Saudação à Raiz - Música

Grupo feminino de samba composto por 4 mulheres percussionistas com 18 anos de história, tem em seu currículo 1 CD ao vivo gravado no Casa Velha em Santo André e um pocket DVD ao vivo gravado pela revista Cavaco de prata, tendo também sido escolhido como melhor grupo feminino de samba em 2018 em voto popular organizado pela revista Cavaco de Prata.

| Casa de Cultura São Miguel. 14/08 às 18h30. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Trio Sabiá - Música

O Trio Sabiá canta músicas de sua própria autoria e de parceiros compositores e intérpretes como: Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, Os Três do Nordeste, Jacinto Silva, Mestre Zinho, Maciel Melo, Flávio José, Geraldo Azevedo, Fagner, Alceu Valença, Marinês, Dominguinhos, entre outros.

| Casa de Cultura Freguesia do Ó. 14/08 às 19h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Paulo Mano canta Belchior - Música

Nesse espetáculo o cantor Paulo Mano faz uma tributo em homenagem ao grande Belchior com a banda satélite, tocando clássicos da carreira do artista.

| Casa de Cultura Itaim Paulista. 14/08 às 19h. Livre. Grátis. 90 minutos.

 

Rappek - "Tropical" - Música

A apresentação "Tropical" apresenta o novo trabalho artístico de Rappek. Inspirado por suas vivências pessoais e com uma vibe litorânea, o artista aborda temas como praia, verão e festividades da época. Além do título, a apresentação se desenvolve como uma linha do tempo, unindo e conectando faixas de todo seu repertório, onde o diálogo age como um veículo que transporta o ouvinte para diversas situações cotidianas que possam causar reflexões... é a mescla perfeita entre informação, autoconhecimento, denúncia e diversão

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. 14/08 às 19h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Batalha do Rodoanel - Hip Hop

Batalha do rodoanel, mais conhecida como BDR com intuito de trazer a essência do hip-hop nas batalhas, BDR realiza um espetáculo de roda cultural, convidando alguns mcs de Freestyle para realizar uma Batalha de mcs de forma mais tradicional, porém trazendo uma autenticidade entre as batalha de sangue, as vezes sendo realizada no formato Mc Contra Mc “Bate volta 4-2-2-2” ou no mesmo formato que o nacional, que é utilizado o “tradicional 30 segundos”.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. 14/08 às 20h. Livre. Grátis. 60 minutos.

 

Leall - "Faça dinheiro, se mantenha vivo!" - Música

O Mc carioca, LEALL, conhecido por ser um dos maiores nomes do Grime/Drill brasileiro, vem ganhando reconhecimento e acumulando feitos numa carreira de pouco mais de 3 anos.

Vanguarda de um gênero, um dos maiores discos do ano, primeiro clipe brasileiro numa loja ofícial da NIKE e com mais de 50 milhões de reproduções online. Tudo isso com apenas 20 anos de idade.

O cantor e compositor nascido na zona norte carioca, ganhou notoriedade em 2019, quando alcançou números estratosféricos com o single “Cachorrada”. O clipe marcou a cena do rap brasileiro, numa mistura de imagens da realidade Fluminense, bailes funk dos anos 90 e blogueiras famosas, LEALL inovou na estética do Grime, com a cara de Brasil.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste. 14/08 às 21h. 14 anos. Grátis. 60 minutos.