18/01/2013 19h45

Share

Haddad dá carta branca ao Controlador Geral do Município

Mário Spinelli terá autonomia para dar mais transparência à administração municipal e prevenir irregularidades.

O prefeito Fernando Haddad apresentou à imprensa nesta sexta-feira (18) o Controlador Geral do Município, Mário Vinícius Claussen Spinelli. Durante entrevista coletiva realizada nesta tarde, Haddad afirmou que o controlador terá total autonomia para dar mais transparência à administração municipal e prevenir irregularidades.

 

“Spinelli foi escolhido por sua competência e tem carta branca para atuar em todas as áreas da administração municipal”, afirmou o prefeito. O controlador terá como missão coibir abusos, determinar boas práticas, regulamentar processos e sugerir leis e procedimentos, com o objetivo de aprimorar a administração pública. “Queremos que o cidadão se sinta seguro de que alguém está zelando permanentemente para que as melhores práticas sejam adotadas no âmbito municipal”, completou Haddad.

 

Engenheiro especializado em Segurança do Trabalho, com mestrado em Administração Pública, Mário Spinelli é ex-secretário de Prevenção à Corrupção da Controladoria Geral da União. “Queremos construir um sistema que permita a adoção de políticas de prevenção e de punição da corrupção. Para isso, a transparência é essencial. Uma cidade como São Paulo tem que ser modelo de transparência para o resto do país”, disse Spinelli. Ele foi um dos formuladores da Lei de Acesso à Informação, tendo atuado na criação do Portal da Transparência do Governo Federal.

 

A Controladoria Geral do Município (CGM) foi criada por decreto assinado pelo prefeito. Irá reunir serviços atualmente dispersos na Prefeitura, centralizando as atividades de controle interno. Deverão ser integrados à nova estrutura o departamento de auditoria da Secretaria Municipal de Finanças, o Departamento de Procedimentos Disciplinares (Proced) da Secretaria de Negócios Jurídicos, a Ouvidoria do Município e as comissões de ética. “Com isso, os trabalhos terão uma organicidade maior e mais capacidade de intervir na administração pública”, explicou Haddad.

 

O novo órgão será estruturado em quatro áreas: auditoria, que exercerá o controle interno propriamente dito; promoção de integridade, que fomentará a transparência e a interação com a sociedade civil; corregedoria, responsável pelas sanções, e a Ouvidoria do Município. Haverá ainda um setor de produção de informações estratégicas e inteligência, que utilizará a tecnologia da informação para detectar desvios de conduta ou vulnerabilidades.

 

“O nosso objetivo é trabalhar cada vez mais de forma preventiva, porque é mais eficaz. Mas o sistema de correição tem que funcionar também muito bem, para que o servidor público saiba que, caso esteja envolvido em alguma irregularidade, será punido”, explicou Spinelli.

 

Segundo o controlador geral, os próximos passos para o trabalho do órgão serão realizar um diagnóstico dos serviços de controle já existentes e montar a estrutura legal do trabalho da CGM. Será realizado ainda um mapeamento das vulnerabilidades da máquina pública municipal.

 

Mais informações sobre Mário Vinícius Claussen Spinelli:

 

- Doutorando em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas - SP

 

- Mestre em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro - MG

 

- Formado em Engenharia Civil e Matemática, com Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Federal Fluminense - UFF

 

- Auditor de carreira da Controladoria Geral da União desde 2001

 

- Conselheiro-membro do Conselho de Controle de Atividades Financeiras

 

- Especialista Internacional convidado do Banco Mundial, do Banco Interamericano de Desenvolvimento e da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico para proferir palestras em conferências internacionais de prevenção e combate à corrupção

 

- Ex-Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas da CGU

 

- Um dos autores dos livros "Corrupção: ensaios e Críticas", "Lei de Responsabilidade Fiscal - Ensaios em Comemoração aos 10 anos da LRF" e "Mecanismos de Controle Interno e sua Matriz Constitucional - um Diálogo entre Brasil e Argentina"

 

- Ex-Professor da disciplina Fraudes em Licitações e Contratos Administrativos no Programa Nacional de Capacitação para o Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro.

 

- Premiado, em 2009, pelo Centro Latino-americano de Administração para o Desenvolvimento (CLAD) em concurso internacional, em função de haver desenvolvido pesquisa sobre a importância da participação dos cidadãos no controle das ações do governo como forma de prevenção da corrupção.

 

FOTOS


Os arquivos ficarão disponíveis para download durante 1 mês. O crédito da foto deve ser Fernando Pereira / SECOM.


Foto 1 – Haddad cumprimenta Mário Spinelli.

 

Foto 2 – Prefeito dá carta branca ao Controlador Geral.


Foto 3 – CGM trará mais transparência à Prefeitura.


Foto 4 – Spinelli explica como será a estrutura da CGM.