Diversidade e inclusão na Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência

Respeito e integração geram comunicação, criatividade e produtividade

A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), criada há 15 anos, tem o papel de promover o protagonismo da pessoa com deficiência e sua plena participação na sociedade, além de ser referência na concepção e execução de políticas públicas em prol da acessibilidade e dos direitos da pessoa com deficiência.

A atual gestão, quando assumiu a Pasta, em janeiro de 2017, encontrou a SMPED com apenas 10% de profissionais com deficiência no quadro de funcionários. O programa de estágio existia, mas sem estagiários com deficiência.

Hoje, 45% de seu quadro de colaboradores são pessoas com deficiência. Do total 26% são negros e pardos, 65% mulheres e 7% LGBTI+, o que mostra, claramente, o respeito à diversidade e inclusão, valores incorporados à cultura da Secretaria.
Entre os colaboradores com deficiência, 64% possuem deficiência física, 22% auditiva e 14% visual.

Combinar diferentes culturas agrega valor, melhora a convivência e permite a troca no aprendizado, onde os diferentes pontos de vista acabam por ampliar a criatividade e efetividade das ações empreendidas.

“A inclusão só acontece quando as pessoas são respeitados nas diversas faixas etárias, étnicas, sociais e de gêneros. Diversidade e inclusão fazem parte do nosso DNA”, afirma Cid Torquato, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência.
 

#PraCegoVer: plano de fundo azul escuro. Sobre a foto, lado esquerdo, no topo, o logotipo com o brasão Cidade de São Paulo Pessoa com Deficiência e texto de destaque: Diversidade na SMPED. No centro, a ilustração de seis pessoas, duas mulheres e quatro homens, uma mulher usa uma cadeira de rodas, um homem usa bengala. Ao redor da ilustração, dentro de círculos e fora deles as informações: 14 servidores  e 14 estagiários – 45% com deficiência; 62 pessoas – 48 servidores e 14 estagiários – 19% negros e pardos – 6 servidores e 6 estagiários; 15 servidores e 7 estagiários – 35% homens; 7% LGBTI+; 65 % Mulheres – 33 servidoras e 7 estagiárias. Rodapé, texto com destaque: Pessoas com Deficiência – mais informações – 18 pessoas: 65% - Símbolo Internacional de Acesso - Física; 6 pessoas: 22% com símbolo deficiência auditiva; 4 pessoas: 14% símbolo da pessoa com deficiência visual. - Fonte Recursos Humanos SMPED Abril/2020