Linear São José

Orla da Represa de Guarapiranga

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Avenida Frederico René de Jaegher; altura nº 2760 – Vila São José
Inaugurado em 10/08/2008
Subprefeitura de Capela do Socorro
Área total: 94.987 m²
Funcionamento: das 7h às 19h

INFRAESTRUTURA
Pista de caminhada, ciclovia, bosque de árvores nativas e jardins, quadras de areia, playground infantil, playground da longevidade, áreas de contemplação, quadra poliesportiva, trapiche e trilhas. Sanitários e rampa de acesso ao parque acessíveis. Possui Aparelhos da Terceira Idade, aparelho de ginástica do Santander, horta, viveiro de mudas, compostagem, minhocário, terrário, oficinas agendadas (de horta, observação de aves, plantio de mudas, arqueologia) e trilha monitorada agendada.

 

PARTICULARIDADES
Uma das estratégias do Programa Operação Defesa das Águas foi a implantação de parques na Orla da Represa Guarapiranga, a fim de ampliar as opções de lazer para a população local e evitar ocupações irregulares. O parque conta com composteira, horta, viveiro e participa do Programa de incentivo permanente à arborização urbana.

Localizado junto ao Parque Nove de Julho, sua FAUNA divide “status” de uma das áreas alagadiças da cidade mais rica em aves aquáticas. No total, foram registradas 169 espécies animais, a exemplo: marrecas silvestres, frangos-d’água, saracuras, mergulhões, biguás, garças, socós, colhereiros, pernilongo-de-costas-brancas e talhamar que ali podem ser observadas. O carão e gavião-caramujeiro exploram, em “terra” e em sobre vôo, as margens da Guarapiranga em busca de seu alimento preferido - grandes caramujos. Ocorrem saguis, esquilos, capivaras e ratões-do-banhado, além de sapos cururus e pererecas arborícolas.

Sua vegetação é composta por áreas jardinadas, bosque heterogêneo e campo de várzea. Destaques da FLORA: aleluia (Senna multijuga), angico-guarucaia (Parapiptadenia rigida), areca-bambu (Dypsis lutescens), aroeira-mansa (Schinus terebinthifolia), aroeira-salsa (Schinus molle), cacau (Theobroma cacao), grumixama (Eugenia brasiliensis), jacarandá-mimoso (Jacaranda mimosifolia), jerivá (Syagrus romanzoffiana), leucena (Leucaena leucocephala), mangueira (Mangifera indica), maricá (Mimosa bimucronata), mulungu (Erythrina falcata), paineira (Ceiba speciosa), pitangueira (Eugenia uniflora), seafórtia (Archontophoenix cunninghamiana), suinã (Erythrina speciosa), tapiá-guaçu (Alchornea sidifolia), tapiá-mirim (Alchornea triplinervia), tarumã-branco (Citharexylum myrianthum) e urucurana (Croton urucurana). Já foram registradas 115 espécies vasculares, das quais estão ameaçadas de extinção: canela-amarela (Nectandra barbellata), palmito-jussara (Euterpe edulis) e pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia). Inventário de flora 2018.

O BAIRRO
A região de Capela do Socorro estende-se por vasta área abaixo dos canais dos rios Jurubatuba e Guarapiranga, fazendo divisa com os municípios de Diadema e São Bernardo do Campo, separados pela Represa Billings. Cerca de 90% de seu território estão inseridos em área de proteção aos mananciais responsáveis pelo abastecimento de 30% da população da região metropolitana de São Paulo. Durante bom período, atraiu imigração europeia, mas a depreciação do valor da terra, a inadequada política habitacional, a baixa renda dos trabalhadores e as dificuldades de fiscalização levaram à expansão desenfreada dos loteamentos clandestinos, embora desde 1975 a ocupação da região esteja subordinada à Lei de Proteção dos Mananciais e à legislação de zoneamento industrial.

CONSELHO GESTOR
Os Conselhos Gestores dos Parques Municipais foram criados em 2003 para garantir a participação popular no planejamento, gerenciamento e fiscalização das atividades que ocorrem nos parques. O objetivo é envolver a comunidade na discussão das políticas públicas de forma consultiva, com enfoque nas questões socioambientais. Os Conselhos são integrados por representantes da sociedade civil (em geral, três frequentadores e um representante de movimento social ou entidade local), um representante dos trabalhadores do parque e três representantes do Poder Executivo. Saiba mais sobre os Conselhos Gestores no site da SVMA.

COMO CHEGAR
6118/10 – Jd. Icaraí / Term. Sto. Amaro
6110-10 – Conj. Hab. Palmares / Aeroporto
637J-10 – Vl. São José / Pinheiros
677V/10 – Jd. Alpino / CPTM Grajaú
+ informações: www.sptrans.com.br