Linear Castelo

Orla da Represa de Guarapiranga

 Sul                              

Mosaico com quatro fotografias sendo a primeira de uma trilha de terra com grama alta e árvores na lateral, a segunda de um galho com flores de cor violeta com centro branco, a terceira um arbusto com folhas verdes e flores de cor rosa com uma trilha ao fundo, e a quarta de um lago com fundo de terra.

Rua Zeferino Borges Barreto, 260 - Cidade Dutra
Inaugurado em 2011
Subprefeitura de Capela do Socorro
Área: 103.337 m²
Aberto diariamente das 6h às 18h
Decreto: 49.445 de 28 de abril de 2008
Atualmente FECHADO para reformas



INFRAESTRUTURA
Bosque com árvores nativas, trapiche, caminho de terra batida, deck flutuante, mirante observatório para contemplação, portaria, aparelhos de ginástica de baixo impacto acessíveis, bebedouro e sanitários acessíveis. O espaço integra a Orla da Represa de Guarapiranga. 

PARTICULARIDADES
Implantado em 2008 em parceria com a Subprefeitura, é um dos parques da Orla da Represa Guarapiranga, estratégia do Programa Operação Defesa das Águas.

Apresenta vegetação composta por eucaliptal com sub-bosque, campo de várzea e vegetação aquática. Destaques da FLORA: bananeira (Musa x paradisiaca), eucalipto (Eucalyptus sp.), guanandi (Calophyllum brasiliense), orelha-de-elefante (Xanthosoma robustum), pitangueira (Eugenia uniflora), suinã (Erythrina speciosa) e tapiá-guaçu (Alchornea sidifolia). Já foram registradas 32 espécies vasculares, das quais estão ameaçadas de extinção: capim-de-pernambuco (Hymenachne pernambucensis) e palmito-jussara (Euterpe edulis). Inventário de flora 2021.

Foram registradas 88 espécies de FAUNA, sendo 76 espécies de aves, 9 espécie de insetos, 1 espécie de molusco e 2 espécies de mamíferos. Esses últimos estão representados por roedores semi-aquáticos, a capivara e o ratão-do-banhado. Dentre as aves, ocorrem espécies endêmicas da Mata Atlântica como tiriba-de-testa-vermelha, picapauzinho-de-coleira e arredio-pálido. Bandos de papagaios chamam atenção pela beleza e gritaria, que soa como “crau, crau, crau...”. Os gritos escandalosos do carão contribuem significativamente para a algazarra. Abundam aves aquáticas e de brejos, a exemplo de marrecas silvestres (irerês, ananaís, caneleiras etc.), galinha-d’água, saracuras, mergulhões, garças e socós. No reconhecimento dessa biodiversidade, o parque, dentre outros usos, foi criado com objetivo de estimular a prática de observação de aves e dispõe de mirante e caminhos flutuantes que dão conforto e acessibilidade ao observador.

O BAIRRO
A região de Capela do Socorro estende-se por vasta área abaixo dos canais dos rios Jurubatuba e Guarapiranga, fazendo divisa com os municípios de Diadema e São Bernardo do Campo, separados pela Represa Billings. Cerca de 90% de seu território estão inseridos em área de proteção aos mananciais responsáveis pelo abastecimento de 30% da população da região metropolitana de São Paulo. Durante bom período, atraiu imigração europeia, mas a depreciação do valor da terra, a inadequada política habitacional, a baixa renda dos trabalhadores e as dificuldades de fiscalização levaram à expansão desenfreada dos loteamentos clandestinos, embora desde 1975 a ocupação da região esteja subordinada à Lei de Proteção dos Mananciais e à legislação de zoneamento industrial.

CONSELHO GESTOR
Os Conselhos Gestores dos Parques Municipais foram criados em 2003 para garantir a participação popular no planejamento, gerenciamento e fiscalização das atividades que ocorrem nos parques. O objetivo é envolver a comunidade na discussão das políticas públicas de forma consultiva, com enfoque nas questões socioambientais. Os Conselhos são integrados por representantes da sociedade civil (em geral, três frequentadores e um representante de movimento social ou entidade local), um representante dos trabalhadores do parque e três representantes do Poder Executivo.
Saiba mais sobre os Conselhos Gestores no site da SVMA.

COMO CHEGAR
5362/10 – Pq. Res. Cocaia / Pça. da Sé
5362/23 – Pq. Res. Cocaia / Vicente Rao
6000/10 – Term. Parelheiros / Term. Sto. Amaro
6913/10 – Term. Varginha / Term. Bandeira
6960/10 – Term. Varginha / Term. Sto. Amaro
6970/10 – Term. Grajaú / Term. Sto. Amaro

+ informações: www.sptrans.com.br