Chácara das Flores

 Leste                         

Um retângulo com quatro fotografias dentro, separadas por uma fina linha branca. A primeira foto uma trilha com folhas secas no chão e árvores com folhas bem verdes, a segunda foto um banco sobre o chão de paralelepípedo e uma parede amarela ao fundo, a terceira foto ponte de madeira com folhas secas em cima e árvores ao fundo, a quarta foto trilha de terra com arbustos cheios de folhas verdes ao redor.

Estrada Dom João Neri, 3551 - Jd. Nazaré
Inaugurado em 26/09/2002
Decreto de criação: 42.408 de 18 de setembro 2002
Subprefeitura do Itaim Paulista
Área: 41.737,54 m²
Aberto diariamente das 6h às 20h
Fone: (11) 2963-1055

 >>>ATENÇÃO<<<

Informamos que a revitalização do Parque Chácara das Flores terá início em 09 de Maio de 2022 e permanecerá fechado até o final da obra.


Possui coleta de óleo de cozinha.

INFRAESTRUTURA
Galpão coberto para jogos, quadra poliesportiva, playground, deck para contemplação e pátio de descanso, trilhas, pista de Cooper e caminhada, aparelhos de ginástica, sanitários, todos acessíveis. A antiga olaria, embora já não fabrique mais tijolos e telhas, continua atraindo a atenção de muitos visitantes. A região é cortada por seis córregos no sentido norte-sul que deságuam no rio Tiête: Itaquera-Itaqueruna, Água Vermelha, Lajeado, Itaim, Tijuco Preto e Três Pontes.

PARTICULARIDADES

O parque foi criado para preservar a mata nativa que se encontrava em estado de regeneração, seus lagos e nascentes. A área pertencia originalmente a uma antiga fazenda e suas edificações foram mantidas e restauradas.

Apresenta vegetação composta predominantemente por remanescente de Mata Atlântica e áreas ajardinadas, entre bosque heterogêneo e áreas ajardinadas. Destaques da FLORA: angico (Anadenanthera colubrina), angico-vermelho (Anadenanthera peregrina), bambu-chinês (Bambusa tuldoides), bambu-gigante (Dendrocalamus asper), bambu-imperial (Bambusa vulgaris), cabeludeira (Myrcia tomentosa), cedro (Cedrela fissilis), espatódea (Spathodea campanulata), grumixama (Eugenia brasiliensis), jerivá (Syagrus romanzoffiana), noz-pecã (Carya illinoiensis), pau-ferro (Libidibia ferrea var. leiostachya), pau-jacaré (Piptadenia gonoacantha), sibipiruna (Poincianella pluviosa var. peltophoroides), tapiá-guaçu (Alchornea sidifolia) e uva-japonesa (Hovenia dulcis). Já foram registradas 99 espécies vasculares, das quais estão ameaçadas de extinção: cedro (Cedrela fissilis) e pau-brasil (Paubrasilia echinata). Inventário de flora 2021.

Registraram-se 47 espécies de FAUNA, dentre as quais 25 espécies de insetos, uma espécie de aranha, 19 espécies de aves e uma espécie de mamífero. Dentre as aves, é possível observar sanhaços, sabiás, cambacica, beija-flor-tesoura, coruja-orelhuda, corujinha-do-mato, gavião-peneira, entre outras. O periquito-rico é exemplo de espécie endêmica de Mata Atlântica encontrada no Parque. O sagui-de-tufo-preto foi o único mamífero registrado.

O BAIRRO
A região do Itaim começou a receber seus primeiros moradores apenas no final do século18. Com a chegada da Ferrovia Estrada do Norte, antiga Central do Brasil, no século 19, o bairro começou a se desenvolver com casas ao longo das margens dos trilhos. Em 1957, o Itaim Paulista ganhou sua primeira paróquia, de João Batista. Em 1980 a região foi elevada à condição de distrito autônomo, desmembrando-se de São Miguel Paulista.

No início do século passado, o trabalho das olarias multiplicou-se acompanhando o desenvolvimento da cidade, que consumia cada vez mais materiais de construção, como pedregulhos e areia, extraídos do rio Tietê. A Chácara das Flores ainda guarda as reminiscências desse tempo: são quatro hectares de terra que abrigam uma das mais antigas olarias do Itaim. Com mais de 70 anos, a antiga olaria, embora já não fabrique tijolos e telhas, continua atraindo a atenção de muitos visitantes. A Chácara, hoje, abriga uma grande área verde, ocupada por descendentes de portugueses, italianos, japoneses e húngaros, que se mudaram para cá em busca de melhores condições de vida. Depois chegaram os migrantes nordestinos, hoje maioria no Itaim. Além do Chácara das Flores, o bairro abriga ainda os parques Santa Amélia e Ecológico Chico Mendes.

CONSELHO GESTOR
Os Conselhos Gestores dos Parques Municipais foram criados em 2003 para garantir a participação popular no planejamento, gerenciamento e fiscalização das atividades que ocorrem nos parques. O objetivo é envolver a comunidade na discussão das políticas públicas de forma consultiva, com enfoque nas questões socioambientais. Os Conselhos são integrados por representantes da sociedade civil (em geral, três frequentadores e um representante de movimento social ou entidade local), um representante dos trabalhadores do parque e três representantes do Poder Executivo.
Saiba mais sobre os Conselhos Gestores no site da SVMA

CONSULTE AQUI O REGULAMENTO DO PARQUE

COMO CHEGAR:
312N-10 - Terminal Cidade Tiradentes / São Miguel Paulista
2058-10 CPTM Guaianazes / Terminal São Miguel Paulista
2202-10 CPTM Guaianazes / Hospital Itaim Paulista
+ informações: www.sptrans.com.br