Raul Seixas

 Leste                         

Um retângulo com quatro fotografias dentro, separadas por uma fina linha branca. A primeira foto trilha com árvores redor e grama verde nas laterais, a segunda foto marquise com telhas vermelhas e detalhes do teto em madeira marrom, a terceira foto campo aberto com grama verde e algumas árvores, a quarta foto escada de pedra com corrimão central em metal e arbustos altos nas laterais. 

Rua Murmúrios da Tarde, 211 - COHAB 2
Inaugurado em 21/10/1989
Subprefeitura de Itaquera
Área: 33.500 m²
Funcionamento: das 6h às 18h
Telefone: (11) 2527-4142

 

 

INFRAESTRUTURA
Quadras poliesportivas, quiosque, paraciclo, mesa de xadrez, sanitários, aparelhos de ginástica, lago, nascente, quadra de bocha e playgrounds. Na área do parque funcionam também a Casa de Cultura Raul Seixas e um CECCO (equipamento da Secretaria Municipal da Saúde). Possui rede wi-fi e sanitários, entrada do parque e áreas de circulação acessíveis.

 

 

PARTICULARIDADES
No início do século XX, Itaquera e Lajeado participavam do progresso da cidade como fornecedores de frutas e legumes produzidos por suas chácaras. Com o desenvolvimento da região e a intensificação do comércio de lenha, carvão vegetal e tijolos, desenvolveu-se um intenso surto populacional. Chácaras foram loteadas e arruadas, transformando a fisionomia do bairro. As edificações hoje ocupadas pela administração do parque e pela Casa de Cultura são remanescentes da fazenda da família Morganti, que produzia carvão na década de 30. Atualmente, o parque representa a maior área verde junto à COHAB José Bonifácio.

Sua vegetação é composta por eucaliptal (Eucalyptus sp.) e áreas ajardinadas arborizadas. Destaques da FLORA: alfeneiro (Ligustrum lucidum), amoreira (Morus nigra), araribá-rosa (Centrolobium tomentosum), aroeira-mansa (Schinus terebinthifolia), cedro-de-bussaco (Cupressus lusitanica), goiabeira (Psidium guajava), ipê-de-el-salvador (Tabebuia rosea), jacarandá-mimoso (Jacaranda mimosifolia), jatobá (Hymenaea courbaril), jerivá (Syagrus romanzoffiana), mangueira (Mangifera indica), nespereira (Eriobotrya japonica), paineira (Ceiba speciosa), quaresmeira (Pleroma granulosum), pitangueira (Eugenia uniflora), sibipiruna (Poincianella pluviosa var. peltophoroides), tipuana (Tipuana tipu) e unha-de-vaca (Bauhinia variegata var. variegata). Já foram registradas 79 espécies vasculares, das quais está ameaçada de extinção: pau-brasil (Paubrasilia echinata). Inventário de flora 2018.

Das 41espécies de FAUNA observadas, 27 são aves, a exemplo de: corujinha-do-mato, beija-flor-tesoura, avoante, anu-branco, sabiá-poca, sabiá-do-campo, saí-canário, pia-cobra, joão-de-barro e pintassilgo. O picapauzinho-verde-carijó e o arredio-pálido são aves endêmicas da Mata Atlântica, e as migratórias estão representadas pelo suiriri e a tesoura. Além disso, há registros de répteis como a cobra-de-vidro que, na verdade, trata-se de um lagarto. Dez espécies de borboletas compõem também a fauna local.

O BAIRRO
O nome Itaquera é de origem tupi e quer dizer "pedra dura". A data de fundação do Bairro ainda é uma incógnita. A primeira referência de que se tem notícia é de 1686, quando o nome aparece em uma Carta de Sesmaria. Data de 1820 a primeira referência sobre a povoação que deu origem ao bairro, onde existia um simples e precário rancho conhecido como a "Casa Pintada". Ali os viajantes paravam para descansar e reabastecer-se de provisões.

A povoação de Itaquera começou a se desenvolver mesmo a partir da inauguração da estação de trem local, no dia 6 de novembro de 1875, data escolhida pela comunidade como a do aniversário, apesar de toda a polêmica em torno da verdadeira idade. O principal rio que banha a área de Itaquera é o Jacu. A área é bem servida por uma densa rede de rios, todos afluentes e subafluentes do Tietê, mas considerados pouco expressivos.

Em fins do século XIX, parou no bairro a primeira "Maria-Fumaça" da antiga Estrada de Ferro do Norte, marcando sua etapa desenvolvimentista. Símbolo de desenvolvimento do bairro, a ferrovia trouxe não apenas mais pessoas, como todo o progresso, de forma desordenada, transformando o povoado tranquilo de Caaguaçu na grande Itaquera de hoje.

QUEM FOI RAUL SEIXAS?
Foi um músico, compositor e cantor brasileiro, um dos grandes representantes do rock no Brasil. É conhecido por músicas como “Maluco Beleza” e “Ouro de Tolo”. Raul Santos Seixas (1945-1989) nasceu em Salvador, Bahia, no dia 28 de junho de 1945.

CONSELHO GESTOR
Os Conselhos Gestores dos Parques Municipais foram criados em 2003 para garantir a participação popular no planejamento, gerenciamento e fiscalização das atividades que ocorrem nos parques. O objetivo é envolver a comunidade na discussão das políticas públicas de forma consultiva, com enfoque nas questões socioambientais. Os Conselhos são integrados por representantes da sociedade civil (em geral, três frequentadores e um representante de movimento social ou entidade local), um representante dos trabalhadores do parque e três representantes do Poder Executivo.
Saiba mais sobre os Conselhos Gestores no site da SVMA.

COMO CHEGAR?
4314/10 – Inácio Monteiro / Term. Pq. D. Pedro II
4007/10 – COHAB Juscelino / Term. Vila Carrão
3738/10 – COHAB Juscelino / Metrô Itaquera
3751/10 – COHAB Prestes Maia / Metrô Itaquera
3712/51 – Vl. Cosmopolita / Metrô Itaquera
4024/10 – COHAB Fazenda do Carmo / E. T. Itaquera
+ informações: www.sptrans.com.br