Águas

 Leste                         

Um retângulo com quatro fotografias dentro, separadas por uma fina linha branca. A primeira foto ponte de madeira com árvores de folhas verdes ao redor, a segunda foto uma árvore com folhas grandes e ao fundo um telhado alaranjado, a terceira foto parquinho com escorregador laranja, a quarta foto parte da quadra de futebol. 

Rua Desembargador Mário Guimarães, s/n - Cidade Kemel
Inaugurado em 08/09/2004
Subprefeitura de Itaim Paulista
Área: 70.320,29m²
Aberto diariamente das 6h às 18h, a partir de sábado (31/10)
Telefone: (11) 2561-5654

INFRAESTRUTURA
Pistas de Cooper e caminhada, trilhas, campo de futebol com arquibancada, playground, quadra de areia, miniquadra de futebol, mesas para jogos, sanitários, deck para contemplação, aparelho de ginástica e pontes de madeira. Entrada acessível pelo portão 1. O parque possui acessibilidade nos equipamentos de ginástica, banheiros, entrada do parque e áreas de circulação.

PARTICULARIDADES
Bosques heterogêneos, brejo, áreas ajardinadas com arborização esparsa e remanescente de Mata Atlântica em estágio inicial de sucessão compõem sua FLORA, cujos destaques são: cabreúva (Myroxylon peruiferum), córdia-africana (Cordia myxa), guaçatonga (Casearia sylvestris), leiteira (Tabernaemontana sp.), jacarandá-paulista (Machaerium villosum), jaqueira (Artocarpus heterophyllus), jerivá (Syagrus romanzoffiana), pata-de-vaca (Bauhinia forficata subsp. forficata), pau-jacaré (Piptadenia gonoacantha), saraguaji (Colubrina glandulosa), suinã (Erythrina speciosa), taboa (Typha sp.), tapiá-guaçu (Alchornea sidifolia), tarumã-branco (Citharexylum myrianthum), tipuana (Tipuana tipu) e urucurana (Croton urucurana). Já foram registradas 104 espécies vasculares. O parque possui o primeiro registro de Lonchocarpus pluvialis no município, espécie típica do Cerrado.

Inventário de flora 2020

Sua FAUNA conta com 53 espécies de animais silvestres. Entre elas 15 borboletas, a presença ilustre do lagarto-teiú, além de 30 espécies de aves. Existem registros de coruja-buraqueira, gavião-carijó, carrapateiro, anu-preto, rolinha, asa-branca, sabiás, cambacica, filipe e guaracava-de-barriga-amarela. Nas áreas úmidas, a saracura-sanã realiza duetos em alto som; o simpático piá-cobra anuncia sua presença com melodia. Pica-pau-de-banda-branca e pica-pau-do-campo também podem ser observados. Grupos de tizius e bicos-de-lacre fartam-se nas sementeiras dos capins.

HISTÓRICO DO BAIRRO
Localizado na Cidade Kemel, o espaço é formado por áreas remanescentes de três loteamentos e criado para preservar as nascentes do Córrego Três Pontes, afluente do Rio Tietê. O nome do bairro (Cidade Kemel) é herança dos antigos proprietários, que em 1953 transferiram uma fazenda para produção de uva Itália, pera d'água e caqui a Kemel Addas para ser loteada no ano seguinte. Do primeiro loteamento da região, construído pela imobiliária de mesmo nome em 1954, o bairro teve tal extensão que foi batizando como “cidade” Kemel. Os primeiros a adquirirem estavam atraídos pela grande quantidade de árvores e plantações da então Zona Leste de São Paulo. A Imobiliária Kemel teve então a ideia de criar outro loteamento, desta vez em outro extremo da cidade, o Jardim Monte Kemel, no distrito de Vila Sonia.

CONSELHO GESTOR
Os Conselhos Gestores dos Parques Municipais foram criados em 2003 para garantir a participação popular no planejamento, gerenciamento e fiscalização das atividades que ocorrem nos parques. O objetivo é envolver a comunidade na discussão das políticas públicas de forma consultiva, com enfoque nas questões socioambientais. Os Conselhos são integrados por representantes da sociedade civil (em geral, três frequentadores e um representante de movimento social ou entidade local), um representante dos trabalhadores do parque e três representantes do Poder Executivo.
Saiba mais sobre os Conselhos Gestores no site da SVMA

CONSULTE O REGULAMENTO DO PARQUE

COMO CHEGAR?
ÔNIBUS
2780/10 – Metrô Itaquera / Jardim Camargo Novo
273N/10 – Metrô Vila Matilde / Cidade Kemel ll
2031/10 – Cidade Kemel II / Terminal A. E. Carvalho

+ informações: www.sptrans.com.br