Linear Ribeirão Oratório

 Leste                         

Retângulo com quatro fotografias dentro, separadas por uma fina linha branca. A primeira foto mostra uma parede de tijolos com flores na cor lilás e folhas verdes ao redor; a segunda foto mostra uma ave nas cores preta e bege, com patas longas, andando pelo chão do parque; a terceira foto mostra uma mesa de jogos de concreto, na cor cinza, com um tabuleiro xadrez pintado na superfície; a quarta foto mostra a quadra poliesportiva à esquerda e uma área ajardinada com árvores jovens, todos na cor verde, à direita. 

Rua Plinio Dionísio de Freitas, 280, Jardim São Roberto
Criado por decreto em 31/10/2011
Subprefeitura de Sapopemba
Área: 26.612,45m²
Aberto diariamente das 6h às 21h, a partir de sábado (31/10)
Telefone: (11) 2036-1077

INFRAESTUTURA
Quadras esportivas, quadra de areia, espaço para playground, estares e caminhos, bancos e mesas para jogos, campo de futebol, aparelhos de ginástica e pista de caminhadas. Sanitários, rampa de acesso ao parque e áreas de circulação acessíveis. Com topografia praticamente plana, o parque ainda possui equipamentos de lazer atrativos para a população do entorno.

 

PARTICULARIDADES
Está próximo ao curso do Ribeirão do Oratório, afluente do Rio Tamanduateí, que nasce no município de Mauá. Na região estão diversos pequenos cursos d’água que desaguam no Oratório. O ribeirão, atualmente poluído, teve suas margens amplamente ocupadas por habitações precárias e algumas pequenas indústrias que ainda hoje sofrem com as cheias do rio. A vegetação ciliar foi quase toda removida durante o processo de ocupação da área.

O projeto do parque linear teve como objetivo recuperar e preservar ambientalmente a área que faz limite com o Oratório. Uma vez que a área não apresentava remanescentes arbóreos, foi dada ênfase à vegetação, utilizando para o plantio espécies nativas de pequeno, médio e grande porte.
Sua vegetação é composta por gramado com arborização esparsa e vegetação ruderal nos taludes do córrego. Destaques da FLORA: aldrago (Pterocarpus rohrii), aroeira-mansa (Schinus terebinthifolia), ingá (Inga sp.), jambolão (Syzygium cumini), jerivá (Syagrus romanzoffiana), pau-formiga (Triplaris americana), sombreiro (Clitoria fairchildiana) e suinã (Erythrina speciosa). Já foram registradas 54 espécies vasculares, das quais está ameaçada de extinção: cedro (Cedrela fissilis). Inventário de flora 2020.

O parque apresenta 39 espécies da FAUNA, com 38 aves. Entre os rapinantes destaca-se o belo gavião-peneira, o qual chama atenção com seu “peneirar”, um voo estacionário, característico da espécie. Entre os pássaros, dois ilustres visitantes, o suiriri e a tesourinha, observados apenas durante a primavera e o verão.

O BAIRRO
O bairro de Sapopemba foi oficialmente fundado em 26 de junho de 1910, sendo elevado à condição de distrito no ano de 1985, quando foi desmembrado de Vila Prudente. Os portugueses foram os principais responsáveis pelo povoamento do bairro, transformando as grandes extensões de terras férteis em chácaras de plantação de verduras. O evento mais importante da história de Sapopemba foi a chegada da imagem de Nossa Senhora de Fátima, vinda de Portugal em 1931. Encomendada por João Alves Pereira, a imagem só foi liberada pela alfândega depois que uma comissão de moradores pagou três contos de réis, valor de que Pereira não dispunha, obrigando os vizinhos a contribuírem.

CONSELHO GESTOR
Os Conselhos Gestores dos Parques Municipais foram criados em 2003 para garantir a participação popular no planejamento, gerenciamento e fiscalização das atividades que ocorrem nos parques. O objetivo é envolver a comunidade na discussão das políticas públicas de forma consultiva, com enfoque nas questões socioambientais. Os Conselhos são integrados por representantes da sociedade civil (em geral, três frequentadores e um representante de movimento social ou entidade local), um representante dos trabalhadores do parque e três representantes do Poder Executivo. Saiba mais sobre os Conselhos Gestores no site da SVMA

COMO CHEGAR
5142/10 – Term. Sapopemba / Term. Pq. D. Pedro II
5026/10 – Conj. Teotônio Vilela / Jd. São Roberto
+informações: www.sptrans.com.br