Barra de Impressão

Prefeitura Regional Jabaquara


Início - Secretarias - Regionais - Jabaquara / Notícias


18/05/2017 19h00

Virada Cultural traz música, teatro, dança e recreação infantil ao Jabaquara no fim de semana

Oito atrações da edição 2017 do evento estão programadas no Centro de Culturas Negras Jabaquara, em Jardim Oriental

Imagem do post

A partir das 18h do próximo sábado (20/05) até às 18h de domingo (21/05), a capital paulista vive mais uma edição de seu maior evento da área cultural. Realizada anualmente desde 2005, a Virada 2017 terá 900 atrações espalhadas por 100 pontos da capital.

Criada para refletir o espírito tipicamente paulistano de uma cidade que “nunca para”, a Virada Cultural oferece 24 horas de atrações para pessoas de todas as faixas etárias, classes sociais, gostos e tribos.

De acordo com o curador da edição deste ano, o autor e diretor teatral Hugo Possolo, ao idealizar a Virada 2017, a Prefeitura de São Paulo optou por valorizar a interação do cidadão com a cidade. Por isso, foi pensada uma programação em que a proximidade com os artistas e os espaços públicos promova uma visão mais afetuosa sobre a capital.

Baseada nessa visão, a rede de equipamentos culturais municipais que integram o evento poderá experimentar um formato de integração inédita. Centros Culturais, Casas de Cultura, bibliotecas e teatros também terão uma programação especial durante o fim de semana. O objetivo é que o público conheça estes espaços e volte a frequentá-los ao longo do ano.

Entre esses espaços está o Centro de Culturas Negras Jabaquara (CCNJ), que terá shows de música, dança, teatro infantil e adulto, entre outras atrações. Nomes como das cantoras Negra Li e Ellen Oléria (foto acima, de Diego Bresani) se apresentam no espaço.

Confira a programação completa no local:

20/05


16h - "Chapeuzinho Vermelho", Cia. Le Plat du Jour - Auditório

Uma das mais prestigiadas companhias de teatro infantil da cidade. A peça ocorre como uma grande brincadeira em que duas palhaças descobrem um armário cheio de chapéus. Estes chapéus as conduzem por uma “grande viagem lúdica”, onde o fio condutor é dado pela história de Chapeuzinho Vermelho. Ora as artistas contam a história, ora brincam com os elementos da mesma. O grande trunfo da companhia está linguagem diferenciada que as artistas criam na adaptação de contos tradicionais da literatura infantil para o teatro.


18h - Negra Li e banda no show "20 anos de carreira"- Palco no gramado

Negra Li, dona de uma voz muito especial, faz show em que transitará entre sucessos de seus 20 anos de carreira, mostrando versatilidade entre vários estilos musicais - do rap ao pop, soul e MPB.


20h - "Leporifobia", Cia. Lacuna Coletiva - Auditório

O espetáculo Leporifobia apresenta ao público, de forma lúdica e misteriosa, a história de uma mulher atormentada pelo passado que se instaura em seu presente. A peça cumpre o que se propõe, ao tratar de maneira delicada o tema da violência contra a mulher, sem, contudo, agredir as espectadoras, sugerindo reflexões ao público.

 

21/05


10h - "Tem Areia no Maiô", Cia. As Marias da Graça - Gramado próximo ao palco

O espetáculo conta a história de quatro palhaças que resolvem ir à praia num belo domingo de sol. Embarcam num calhambeque rumo à Copacabana e a aventura começa com um pneu furado.


12h - "Cortejando", Babado de Chita - Gramado

Cortejo musical inspirado em manifestações populares do sudeste e nordeste
brasileiros. Ritmos como caboclinho (PR), congada (ES, SP, MG) coco (PE, PB, AL) cacuriá (MA) e ciranda (PB e PE) conduzem o cortejo por espaços alternativos, levando ao publico a sonoridade e a corporalidade de paragens do nosso Brasil. Ora em movimentos, ora em rodas dançantes, publico e artistas compartilham música, dança e diversão.


15h - Clarianas em "Girandêra" - Palco no gramado
Formado por 3 cantadeiras/atrizes, uma percussionista e violinista, o grupo tem como mote principal a investigação da voz da mulher "ancestral" na música popular do Brasil.


18h - Ellen Oléria em "Afrofuturista" - Palco no gramado
Da poética das ruas (pela linguagem do hip hop), às performances jazzísticas, no repertório de seu show "Afrofuturista", Ellen Oléria encanta com canções autorais e emociona ao atualizar obras de outros compositores da MPB, como Milton Nascimento. A vencedora do realty show "The Voice Brasil" convida o público a revisitar lugares de memória e pertencimento.

O Centro de Culturas Negras Jabaquara fica na R. Arsênio Tavolieri, 45 - Jardim Oriental.

A direção do espaço informa que não será permitida entrada no evento portando bebida alcoólica; garrafas e latas; objetos pontiagudos, cortantes ou perfurantes; objetos de vidro; armas de fogo e armas brancas; substâncias inflamáveis ou corrosivas.

É permitido o uso de celulares e camêras fotográficas, chapéus ou bonés, óculos escuros, cangas, capa de chuva, mochilas e bolsas, alimentos industrializados fechados, copos de água fechados.

Todas as informações sobre a Virada 2017 pode ser encontrada no site oficial www.viradacultural.prefeitura.sp.gov.br

 


  • Copyright
  • SAC