Share

Encontros sobre Meio Ambiente e Espiritualidade na UMAPAZ

 

O que são?

Os Encontros são parte do processo de diálogo sobre questões ambientais para públicos e perfis diversificados, na perspectiva multicultural, considerando a importância das diferentes comunidades que compõem o magnífico mosaico que é a Cidade de São Paulo.
A proposta é propiciar um espaço de compartilhamento de visões, experiências e ações concretas sobre o Meio Ambiente e como cada comunidade se insere ou pode inserir-se no esforço para que tenhamos na nossa Cidade de São Paulo um ambiente saudável e de respeito à vida. Ao mesmo tempo, gostaríamos de apresentar o que a UMAPAZ, como unidade de educação ambiental, pode oferecer de informações, oportunidades de encontros, cursos, etc.
As atividades de educação ambiental e para a paz desenvolvidas pela UMAPAZ são públicas e gratuitas, pautam-se pelos princípios da Carta da Terra e orientam-se pelos objetivos do desenvolvimento sustentável difundidos pela ONU.

Por que?

“Estamos diante de um momento crítico na história da Terra, numa época em que a Humanidade deve escolher o seu futuro... ou formar uma aliança global para cuidar da Terra e uns dos outros, ou arriscar a nossa destruição e a da diversidade da vida. ” Preâmbulo da Carta da Terra

É nesse atual e preocupante contexto que surge a espiritualidade como forma de conexão com o que cada um entende como divino e com a própria natureza interna e externa. É uma dimensão essencial da Sustentabilidade que potencialmente pode e deve apoiar ações de conservação e preservação ambiental através do cuidado e ações.

Para quem?

Qualquer pessoa que esteja interessada na temática e que de alguma forma sinta que possa contribuir com este diálogo, incluindo as comunidades religiosas que já tem algum trabalho concreto com meio ambiente e/ou que gostariam de começar alguma ação.

 

Inscrições: aqui

 

» 4º Encontro - 13 de junho de 2016, terça-feira, das 19h às 21h30

Convidados:

Monge Ryozan representando o Budismo Soto Zen

No Japão o Zen Budismo deu origem, ao longo de cerca de setecentos anos de história, a duas principais tradições. A tradição Rinzai caracteriza-se principalmente pela ênfase na prática de koans: pequenas histórias ou perguntas sobre as quais o praticante medita profundamente, com o objetivo de transcender a compreensão estritamente racional da realidade. A tradição Soto é mais conhecida pela prática do “shikantaza”, ou “apenas sentar-se”. Como em outras linhagens, realizam-se liturgias, exegeses de textos religiosos, koans e atividades recitativas e devocionais, mas a ênfase está na prática da meditação sentada. Dois mosteiros são considerados como sedes da tradição Soto no Japão: Eiheiji e Sojiji, construídos respectivamente pelos dois Mestres fundadores Eihei Dogen (séc. XIII) e Keizan Jokin (séc. XIV), representados na imagem abaixo. Atualmente, a tradição Soto é uma das maiores religiões do Japão, com cerca de quinze mil templos e oito milhões de adeptos.

Padre José Bizon representando o Catolicismo

O termo catolicismo é "usado geralmente para uma experiência específica do cristianismo compartilhada por cristãos que vivem em comunhão com a Igreja de Roma.” Muitos dos principais credos (definições de fé semelhantes a preces) cristãos, nomeadamente o Credo dos Apóstolos e o Credo niceno-constantinopolitano, utilizam este termo.
No seu sentido mais estreito, o termo é usado para referir-se à Igreja Católica de Roma, formada por 23 igrejas sui iuris que estão em comunhão total com o Papa, e possui mais de um bilhão de fiéis (ou seja, mais de um sexto da população mundial e mais da metade de todos os cristãos.)

 

» 5º Encontro - 11 de julho de 2017, terça-feira, das 19h às 21h30

Convidados:

Pai Guimarães representando a Umbanda

A Umbanda é uma religião brasileira que sintetiza vários elementos das religiões africanas e cristãs, porém sem ser definida por eles. Formada no início do século XX no sudeste do Brasil a partir da síntese com movimentos religiosos como o Candomblé, o Catolicismo e o Espiritismo. É considerada uma "religião brasileira por excelência" com um sincretismo que combina o Catolicismo, a tradição dos orixás africanos e os espíritos de origem indígena.

Wagner Canalonga representando o Taoísmo

O Taoismo, também chamado Daoismo e Tauismo, é uma tradição filosófica e religiosa originária da China que enfatiza a vida em harmonia com o Tao (romanizado atualmente como "Dao"). O termo chinês "Tao" significa "caminho", "via" ou "princípio", e também pode ser encontrado em outras filosofias e religiões chinesas. No taoismo, especificamente, o termo designa a fonte, a dinâmica e a força motriz por trás de tudo que existe.

 

» 6º Encontro - 08 de agosto de 2017, terça-feira, das 19h às 21h30

Convidados: 

Angela Droghetti - Paz e Géia - Xamanismo Matricial
Regina Freitas - Seicho No Ie

 

» 7º Encontro - 12 de setembro de 2017, terça-feira, das 19h às 21h30

Convidados:

Cintia Okamura - Budismo - Soka Gakkai
Fernando Augusto de Souza - Messiânica

 

» 8º Encontro - 10 de outubro de 2017, terça-feira, das 19h às 21h30

Convidados:

Maria Bridger Pinheiro - Comunidade Makadesh

 

» 9º Encontro - 14 de novembro de 2017, terça-feira, das 19h às 21h30

 

» 10º Encontro - 12 de dezembro de 2017, terça-feira, das 19h às 21h30

Convidados:

Mahesvara Caitanaya - Hare Krishna
banda interreligiosa - Sou da Paz

 

 

 

Como chegar na UMAPAZ: