02/10/2014 14h19

Share

Ciclo de Palestras Carta da Terra: Movimento de Transformação

 

 

O Programa Carta da Terra em Ação, com o intuito de aprofundar a discussão sobre quais são as bases de formação dos agentes socioambientais, convida para o ciclo de palestras Carta da Terra: movimento de transformação.

O ciclo traz cinco palestras que apresentam a diversidade de discussões e conceitos que permeiam o esforço coletivo de re-pensar a cidade, desenvolvendo a capacidade de percebê-la, criticá-la e transformá-la.

Contamos com a Carta da Terra como base, mas não só ela. Acreditamos que faz parte aliar a este documento fundamental os seguintes elementos: a educação integral (SINGER, 2013); a cidade de São Paulo enquanto sistema complexo (OSÓRIO, 2001; BATTY, 2011); as metodologias integrativas (BATISTA e GIANELLA, 2013); e a discussão do conceito de Desenvolvimento Sustentável (GIGGS, 2013).

Para além de conhecer e se envolver nessas discussões, as cinco palestras que compõe o Ciclo tem o intuito de ser aglutinador e semeador da rede Carta da Terra em Ação.

 

16/out, quinta-feira, das 19h às 21h
Carta da Terra: referência de educação para a transformação
Cristina Moreno - Coordenadora da iniciativa Carta da Terra no Brasil, Cristina é formada em engenharia química pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atuou por muitos anos no setor de papel e celulose, com destaque para as áreas de tecnologia da informação, processos de fusão, aquisição e sustentabilidade. Após aposentar-se, decidiu buscar um mundo mais justo, harmonioso e sustentável. Tornou-se voluntária da Carta da Terra.

23/out, quinta-feira, das 19h às 21h
Desenvolvimento Sustentável: a busca por novos indicadores
Glaucia Terreo - Ponto Focal da Global Reporting no Brasil. Antes de tornar-se a Network Manager do Brasil em 2007, Glaucia esteve diretamente envolvida por cinco anos com o desenvolvimento dos Indicadores Ethos, uma ferramenta de autoavaliação de desempenho em responsabilidade socioambiental das empresas. Glaucia também trabalhou na Federação das Indústrias de São Paulo. É formada pela Fundação Cásper Líbero com especialização em RSE pela Fundação Getúlio Vargas.

30/out, quinta-feira, das 19h às 21h
Educação Integral e a formação de uma cidade educadora
Helena Singer - Socióloga, com mestrado e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo, especialização em Sociologia dos Conflitos pela Universidade da Pensilvânia e pós-doutorado pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Ensino e Diversidade da Universidade Estadual de Campinas. É diretora da Cidade Escola Aprendiz, autora do livro "República de Crianças", entre outros livros e artigos sobre educação e direitos humanos publicados no Brasil e no exterior.

06/nov, quinta-feira, das 19h às 21h
A complexidade da cidade
Flavia Feitosa - Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e doutorado em Geografia pela Universidade de Bonn, Alemanha. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do ABC. Tem experiência na área de Geotecnologias para o Planejamento Urbano e Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: segregação urbana, vulnerabilidade urbana a mudanças climáticas, construção de indicadores socioterritoriais, análise espacial e modelagem baseada em agentes.

13/nov, quinta-feira, das 19h às 21h
Metodologias Integrativas na Educação Ambiental
Marcos Sorrentino - Possui graduação em Biologia e Pedagogia, mestrado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Doutorado em Educação e pós-doutorado no Departamento de Psicologia Social da Universidade de São Paulo e no Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília, onde também foi pesquisador colaborador. Foi Diretor de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente e tem grande experiência na área de Educação. Participa, desde os anos 70, de entidades ambientalistas, de cidadania e de educação ambiental. Atualmente é coordena o Laboratório de Educação e Política Ambiental (Oca).

 

Coordenação: Débora Pontalti e Lia Salomão
Público: aberto
Endereço: Sede da UMAPAZ – Parque Ibirapuera. Av. Quarto Centenário, 1268.
Pedestres: Portão 7A.
Estacionamento: Portão 7 – Av. República do Líbano (Zona Azul)

Mais informações: cartadaterra@prefeitura.sp.gov.br 

Inscrição: Não é necessária inscrição prévia.
Por ordem de chegada até o limite de ocupação do auditório (150 vagas).