Cuidados com Aves

 Grande parte das aves recebidas pelos centros de manejo de fauna silvestre na primavera é constituída por filhotes, que nem sempre necessitam de cuidados veterinários. Na maioria das vezes, ficariam melhor se pudessem ser deixados no local de origem, sob os cuidados de seus pais!

 

Muitas vezes, com o intuito de ajudar, pessoas que encontram filhotes aparentemente “perdidos” acabam interagindo com eles. Imaginam que os pequenos caíram de seus ninhos e precisam de algum tipo de assistência. Nem sempre isso é verdade! É importante que as pessoas saibam identificar quando o animal precisa realmente de ajuda, e o que pode ser feito para que sua saúde não seja prejudicada.

O melhor a fazer é pedir orientações aos técnicos da Divisão de Fauna Silvestre pelo telefone 3885-6669. Os biólogos e veterinários podem esclarecer dúvidas sobre diferentes situações envolvendo a fauna silvestre do Município.
Em São Paulo, muitas espécies são encontradas em quintais de casas, jardins e vias públicas, aumentando a probabilidade de contato com humanos. Veja como conhecer o procedimento correto, caso encontre uma ave acidentada, que cuidados são necessários ao encontrar um animal machucado ou ferido no meio urbano e, também, como identificar filhotes que precisam de ajuda: