Share

Guarapiranga

Estrada Guarapiranga, 575 – Parque Alves de Lima
Subprefeitura M’Boi Mirim
Área: 152.600 m²
Funcionamento: de terça a domingo das 6h às 18h
Fone (11) 5514-6332

PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO

06/08 (quinta-feira) | Dia nacional da saúde, às 14:00 (Atividades monitorada por uma educadora física)
11/08 (terça- feira) | Análise água, às 09:30 hrs (DGD)
14/08 (sexta-feira) | Bate-papo e atividade sobre o dia de combate a poluição (Munícipes)
15/08 a 31/08 | Exposição sobre materiais recicláveis.

INFRAESTRUTURA

Campo de futebol society, campo de terra, quiosques, churrasqueiras, trilha, quadras poliesportivas, playgrounds, sanitários, paraciclos, bosque, pista de caminhada, aparelhos de longevidade, bebedouros. Na área também funcionam o CECCO (SMS) e o Bosque da Leitura (SMC).

PARTICULARIDADES

Implantado junto à Represa de Guarapiranga, construída em 1908 pela São Paulo Tramway Light and Power Co. Em 1924, a represa passou a ser reservatório para abastecimento de água, formando um grande lago, que se tornou centro de excursões e passeios dos paulistanos. Com o passar dos anos foram surgindo clubes náuticos e residências de recreio para os fins de semana.

O projeto do parque foi elaborado pelo escritório Burle Marx e Cia e, em 1974 foi aberto ao publico. O parque tem a importante função de proteger a produção hídrica, minimizando a erosão e a sedimentação. Possui gramados, caminhos e recantos, abrigados por uma vegetação densa que desce até as margens da represa, composta predominantemente por eucaliptal entremeado por pequenos bosques com espécies da Mata Atlântica, além de áreas ajardinadas. Destacam-se angico-vermelho, cabuçu, capororocas (Myrsine coriacea e M. umbellata), camboatás (Cupania oblongifolia, C. vernalis e C. zanthoxyloides), guaçatonga, mandioqueiro, passuaré, pau-brasil, pau-de-tucano, tamanqueiro e tapiá-guaçu. Foram registradas 181 espécies, das quais 11 estão ameaçadas como a copaíba, o chichá e a grumixama.

Com fauna composta por 92 espécies, sendo 40 de borboletas, uma de réptil (lagarto-teiú), duas de mamíferos (o gambá-de-orelha-preta e o ratão-do-banhado) e 49 de aves. Nesse grupo ressalta-se a presença do pavó, um importante dispersor de sementes que se encontra ameaçado de extinção. No quesito beleza, destaque para a bandeirinha, que possui em sua plumagem as cores da bandeira nacional, daí seu nome. O gavião-carijó e a coruja-orelhuda figuram os rapinantes do parque. Foram avistadas aves endêmicas da Mata Atlântica como periquito-rico, pica-pau-anão-de-coleira, pica-pauzinho-verde-carijó, arredio-pálido e pichororé. Dentre as borboletas, destacam-se as detentoras de asas transparentes no tom cinza e manchas alaranjadas.

ÔNIBUS:

Terminal Santo Amaro
6028 - Terminal Santo Amaro – Riviera
737G – Terminal Santo Amaro – Terminal Guarapiranga

Terminal Guarapiranga
6019 – Terminal Guarapiranga – Jd. Alfredo
7710 – Metro Ana Rosa – Terminal Guarapiranga

Terminal Bandeira
6505 – Terminal Bandeira – Terminal Guarapiranga

Pinheiros
637 A – Pinheiros – Terminal Guarapiranga

Campo Limpo
745M – Campo Limpo – Shopping SP Market
 
+ informações: www.sptrans.com.br

Fonte: Textos/Fotos - GUIA DOS PARQUES MUNICIPAIS DE SÃO PAULO