Share

Buenos Aires

Avenida Angélica, s/nº (altura do nº 1500) – Higienópolis
Subprefeitura Sé
Área: 25.000 m²
Funcionamento: diariamente das 6h às 19h
Fone/Fax: (11) 3666-8032

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

INFRAESTRUTURA
Área para apresentações culturais (Praça das Mães), playground, espelho d’água, aparelhos de ginástica (barras e pranchas) e cercado para cães. Espaço para contemplação, caminhadas e relaxamento, passeio, estares e sanitários.

PARTICULARIDADES

Tombado pelo CONPRESP em 1992 o Parque Buenos Aires foi considerado praça até o ano de 1987. Criado com o intuito de preservar a vista sobre o Vale do Anhangabaú, a praça foi projetada pelo arquiteto paisagista francês Bouvard e, em sua concepção original, previa uma elevação central com mirante, onde foi instalado um telescópio e espelho d’água. Conta com esculturas de destaque, como “Veado Atacado” e “Leão Atacado”, vindas da França e esculpidas em bronze, e “Mãe” de Caetano Fraccaroli, esculpida num só bloco de mármore (1964). “O Tango”, de Roberto Vivas, em bronze e granito (1996) e uma cópia em bronze da escultura “Emigrantes”, de Lasar Segall, também estão entre os atrativos do Parque.
Com facilidade pode-se avistar aves como: tico-tico, sabiá-laranjeira, sanhaçu-cinzento, sanhaçu-do-coqueiro, periquito-rico, rolinha e pardal. Este último prefere ambientes urbanos e, com frequência, é visto reproduzindo-se em semáforos das ruas e avenidas vicinais. Na copa das árvores é possível observar a rabilonga alma-de-gato, o belo pica-pau-de-cabeça-amarela ou joão-velho e a algazarra de casais de bem-te-vizinho-de-penacho-vermelho. Também ocorrem gambás-de-orelha-preta. Possui vegetação composta por áreas ajardinadas, alamedas e gramados. Destacam-se canelinha-cheirosa, embaúba-branca, falsa-seringueira, ipê-amarelo, jequitibá-rosa, pau-incenso, pinheiro-bravo, quaresmeira e seafórtia. Foram registradas 73 espécies, das quais o pau-brasil, a peroba e o pinheiro-do-paraná estão ameaçados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Textos/Fotos - GUIA DOS PARQUES MUNICIPAIS DE SÃO PAULO