Os conceitos de Visão Zero e Sistemas Seguros

Em que consiste um Sistema Seguro?

A abordagem do Sistema Seguro consiste em reorientar a forma como a segurança viária é vista e gerenciada. Essa abordagem reconhece que os seres humanos cometem erros quando usam as ruas e sistemas de transporte e em qualquer outra circunstância cotidiana. Na medida em que os seres humanos não são infalíveis, os projetistas da infraestrutura viária devem criar sistemas de transporte nos quais as consequências do erro humano sejam minimizadas. Um sistema viário que ajuda a perdoar erros dos diferentes usuários reduz o número de falhas graves que podem resultar em morte ou lesões graves. O Sistema Seguro promove uma responsabilidade compartilhada pela segurança viária. Enquanto as autoridades governamentais devem ser responsáveis pela concepção e construção de sistemas que levam em conta o erro humano, os usuários da via devem ser responsáveis pelo cumprimento das leis e regulamentos de trânsito. Um sistema seguro garante que as políticas de segurança viária sejam completas e inclusivas, o que significa olhar para todos os componentes do sistema viário e de transporte, incorporando, principalmente, aspectos institucionais, coleta de dados, espaço construído, limites de velocidade, provisão de transporte público e infraestrutura para pedestres e usuários de bicicletas, comportamento do usuário, controle policial e tecnologia.

Em que consiste a Visão Zero?

A Visão Zero, adotada na Suécia em 1997, é uma forma de compreender e desenvolver um Sistema Seguro de mobilidade, tendo sido incorporada na Lei de Segurança do Trânsito Viário pela maioria do Parlamento Sueco. A Visão Zero se baseia na premissa que nenhuma morte prematura é aceitável, entendendo que a vida humana é principal prioridade, sobrepondo-se à eficiência da mobilidade e quaisquer outros objetivos dos sistemas viários e de transporte. Essa política reconhece que os erros humanos são inevitáveis e, portanto, os projetistas das ruas devem considerá-los como parte do processo de planejamento. Se o desenho das vias ajuda a perdoar esses erros, então, a probabilidade de choques fatais é menor. De acordo com a Visão Zero, os humanos podem cometer erros, mas o sistema viário não. Enquanto as políticas tradicionais de segurança viária se enfocam primordialmente no comportamento humano, a Visão Zero busca enxergar as causas fundamentais dos problemas de insegurança viária, que, majoritariamente, devem-se a problemas do desenho do sistema viário e de transporte. A Visão Zero enfatiza que tanto os provedores quanto os reguladores do sistema de vias e transporte “devem fazer tudo que estiver a seu alcance para garantir a segurança de todos os cidadãos”.