Prefeitura renova frota da CET

Aproximadamente 30% da frota da Companhia será renovada por meio de serviço de locação

O secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Edson Caram, representando o prefeito Bruno Covas, entregou à Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), na manhã desta segunda-feira (04), 332 novos veículos que passam a atender a população e gerir o trânsito na cidade. O montante representa uma renovação de 30% dos 1.088 veículos que compõem a frota atualmente.

A opção escolhida para garantir a disponibilidade dos veículos, a manutenção preventiva e corretiva, a troca das viaturas a cada 30 meses (todas seguradas contra imprevistos, protegendo também os profissionais) foi um contrato de locação.

A medida aumenta a presença da CET em todas as regiões da cidade, melhorando o desempenho da operação em campo, beneficiando principalmente o cidadão. Além disso, oferece melhores condições de trabalho às equipes de profissionais da companhia, que passam a contar com veículos novos e totalmente equipados.

“Os benefícios são a agilidade na manutenção dos veículos, que agora ficam sob responsabilidade da empresa locadora e, em necessidade de troca, o veículo é substituído de forma imediata”, explicou o secretário Edson Caram, que também destacou o fato de o modelo “desonerar a CET de uma série de procedimentos burocráticos”.

O novo modelo vai liberar a CET de arcar com os custos de oficina, estoque e licitações para compras de peças, incluindo pneus, óleos/lubrificantes, filtros, baterias e demais suprimentos, além de prever quilometragem livre e renovação da frota a cada 30 meses.

Até agora, a CET utilizava uma frota própria de viaturas, cuja idade média é de quase 11 anos, composta por 1.088 veículos no total, dos quais 155 se encontram baixados devido ao alto custo de manutenção (a baixa patrimonial ocorre quando o valor para recuperar uma viatura é superior a 70% do seu valor real) e 29 estão em comodato, ou seja, são emprestados à CET para uso em suas atividades rotineiras.

Das 904 viaturas próprias efetivamente, a oficina da Companhia recebe, em média, 270 veículos por mês para manutenção, ou seja, 30% da frota periodicamente fica indisponível.

Com a renovação em curso, por meio da substituição parcial de carros próprios por alugados, a CET vai locar, por um período de 30 meses, 109 veículos leves, 155 pick-ups médias, 60 pick-ups a diesel e 8 vans furgões, totalizando 332 unidades que chegarão à Companhia em novembro. O contrato inclui 33 veículos como reserva técnica, somando-se à reserva técnica própria da CET.

É importante destacar que a frota de 267 motocicletas e 47 veículos pesados (caminhões e guinchos) continua sendo própria da Companhia.

Os modelos leves e as pick-ups alugadas serão destinados ao transporte de pessoal e para operação e fiscalização do sistema viário, prestando serviços como atendimento de acidentes, veículos quebrados, eventos, bem como transporte de materiais. Já as vans furgões serão aproveitadas na manutenção e operação dos semáforos, adaptadas como oficina móvel.

As principais vantagens da locação de viaturas quatro-rodas para a CET:

• Frota renovada a cada 30 meses (idade média da frota CET vai diminuir; veículos mais novos, em bom estado para utilização);
• Manutenção por responsabilidade da contratada (redução de despesas operacionais);
• Seguro total dos veículos, abrangendo acidentes, danos materiais e pessoais de passageiros, furto, roubo, incêndio;
• Redimensionamento e requalificação da frota;
• Reserva técnica operacional permanente;
• Diminuição da burocracia: a CET ficará desonerada do pagamento e de todo o trabalho administrativo relativo a impostos (taxa de licenciamento anual, IPVA, despachante, seguro DPVAT, emplacamento de veículos novos, etc.).

Além disso, as viaturas baixadas vão ser leiloadas, o que vai gerar recursos que poderão ser direcionados para novos investimentos na Companhia de Engenharia de Tráfego.

 

Assessoria de Imprensa - CET