Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (Cosan)

 A Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional – Cosan, setor ligado à SMDET, é responsável por coordenar e assessorar a implantação e o funcionamento do Sistema Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável; apoiar e criar condições para o funcionamento da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional - CAISAN e do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional – COMUSAN; atuar, em conjunto com os demais órgãos da Prefeitura, na realização de ações emergenciais de segurança alimentar e nutricional para garantir o controle de qualidade nutricional e sanitária dos alimentos e gerenciar e fiscalizar os centros de referência de segurança alimentar e nutricional.

A Cosan tem a missão de promover a Segurança Alimentar e Nutricional, no município de São Paulo, especialmente junto à parcela da população que se encontra em situação de vulnerabilidade social e econômica, por meio de programas, projetos e ações com foco na mitigação da insegurança alimentar e nutricional, na promoção da geração de renda e trabalho e no fomento ao empreendedorismo.

Cosan e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS

Os programas, projetos e ações da Cosan encontram-se alinhados diretamente com 7 ODS, são eles: ODS 1- erradicação da pobreza, ODS 2 – fome zero e agricultura sustentável, ODS 8 – trabalho descente e crescimento econômico, ODS 10 – redução das desigualdades, ODS 11 – cidades e comunidades sustentáveis, ODS 12 – consumo e produção responsáveis e ODS 17 – parcerias e meios de implementação.

Plano de Segurança Alimentar e Nutricional

Desenvolvido pela Câmara Intersecretarial de Segurança Alimentar e Nutricional - Caisan, em conjunto com o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional - Comusan, o Plano traz ações, objetivos e metas com foco na promoção da segurança alimentar e nutricional no município de São Paulo e serve de base para a construção das políticas públicas a serem executadas pelas Secretarias envolvidas.

Confira a apresentação do setor aqui

A Cosan conta com dois Centros de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional que se constituem em equipamentos públicos, de caráter comunitário, voltados à implementação da Política Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional - PMSAN, consubstanciando-se em espaço de vivência da cidadania, bem como de convivência e participação social.

Programas sob a coordenação de Cosan

Programa Municipal Banco de Alimentos: acontece no Cresan Vila Maria e é responsável pela promoção da segurança alimentar e nutricional junto à parcela vulnerável da população através da distribuição de, por meio das 410 entidades assistenciais cadastradas no programa.

Programa Municipal Combate ao Desperdício e à Perda de Alimentos: visa promover a segurança alimentar e nutricional junto á parcela vulnerável da população, por meio da distribuição de alimentos próprios ao consumo humano, que antes seriam descartados. O programa tem três eixos: segurança alimentar e nutricional, socioeconômico e ambiental.

Programa Municipal Cozinha Escola: cuja a finalidade é promover qualificação profissional em curto prazo, por meio de cursos, oficinas, workshops e formatos afins, com foco no desenvolvimento de produtos e de técnicas culinárias proporcionando acesso ao mercado, geração de renda, trabalho e empreendedorismo. O programa ampara todas as ações da SMDET no tema da cadeia gastronômica e suas oportunidades.

Programa Escola Estufa Lucy Montoro: visa a promoção da Segurança Alimentar e Nutricional por meio de atividades teórico-práticas e estímulo à implantação e apoio de hortas urbanas, qualificar cidadãos e beneficiários do Programa Operação Trabalho (POT) com foco na reinserção no mercado de trabalho e Incentivar do uso de espaços públicos verdes como ferramenta de qualificação e ponto de distribuição de mudas, sementes e composto para hortas urbanas.

Observatório da Gastronomia da Cidade de São Paulo: colegiado sob a coordenação da Cosan, o Observatório tem como objetivo o fortalecimento da cadeia da gastronomia e da alimentação, com vistas a contribuir para a inclusão social e a geração de renda, observados os princípios de sustentabilidade ambiental e econômica, bem como da segurança alimentar.

Marcos legais:
Decreto nº 58.153 de 22 de março de 2018

Decreto nº 58.596 de 7 de janeiro de 2019

Informações e dúvidas: 3224-6000- Ramal: 6220
 

Siga a SMDET nas redes sociais