Infraestrutura: Prefeitura trabalha em obras contra enchentes

Dez novos piscinões já foram entregues e outros devem entrar em funcionamento ainda no primeiro semestre

 A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB), trabalha para dotar a cidade da estrutura necessária para o combate às enchentes. A atual gestão já entregou dez novos piscinões e quatro pôlderes. Em dezembro do ano passado entraram em funcionamento os piscinões Lagoa Aliperti e Taboão, além dos pôlderes Aricanduva R3, Aricanduva R7 e Aricanduva R8. Anteriormente, já haviam sido entregues os piscinões Guamiranga, Cordeiro 1, Diógenes Ribeiro de Lima, Aliomar Baleeiro Norte, Aliomar Baleeiro Sul, Tremembé R1, Tremembé R3 e Tremembé R5 e o pôlder Aricanduva R6.

 

Até o final deste mês entrará em funcionamento o piscinão Paciência. Em fevereiro, a Prefeitura dará início às obras para construção do piscinão no córrego Paraguai-Éguas, na Zona Sul.

#ParaTodosVerem visualiza-se obra de piscinão sendo realizada na cidade.

Os novos reservatórios representam um aumento de 44% no número de equipamentos para contenção da água das chuvas, pois até 2017, a cidade contava com 34 reservatórios. Juntos, esses reservatórios podem armazenar até 1,5 milhão de m³ de água, o equivalente a 661,7 piscinas olímpicas.

Córregos
Além da implantação dos reservatórios, a Prefeitura executa importantes obras de canalização nos córregos da cidade. Foram concluídos 4,3 mil metros de novas galerias, canalizações e adequação de margens nos córregos Paciência, Tremembé, Dois Irmãos, Aricanduva, Cacareco, Zavuvus, Mirassol e Alcatrazes. A secretaria de Obras está trabalhando ainda em outras sete frentes de obras de canalização nos córregos Paciência, Tremembé, Aricanduva, Ipiranga, Paraguai-Éguas, Zavuvus e Anhanguera. Essas intervenções somam 6,2 mil metros.