Prefeitura amplia serviços de lavagem e higienização das vias com maior circulação de pessoas

No total, são mais de 670 endereços próximos aos hospitais, pontos de ônibus, estações de trem e metrô


Divulgação: Amlurb 

 

Na luta contra o coronavírus em São Paulo, a Prefeitura, por meio da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), ampliou o serviço de lavagem no entorno de hospitais, assim como vias que possuem maior circulação de pessoas, como terminais de ônibus, estações de trem e metrô. Diariamente, mais de 880 agentes realizam a higienização das vias com desinfetante bactericida, pulverização de água de reúso, sabão e cloro.

A operação de limpeza conta com 56 equipes, 673 endereços e 136 veículos de lavagem distribuídos por diversos pontos da cidade. A ação foi ampliada para 170 endereços próximos a hospitais, 362 vias com grande circulação de pessoas e pontos de ônibus, 54 estações de metrô, 47 estações de trem e 40 terminais de ônibus.

 

Paraisópolis

Além desses endereços, em parceria com a Subprefeitura de Campo Limpo, algumas das principais vias em Paraisópolis, na Zona Sul, também passaram a receber o serviço de lavagem. A limpeza ocorre quatro vezes por semana, no período diurno, nas ruas: Manoel Antônio Pinto, Herbert Spencer e Major José Marioto Ferreira.
A intensificação do serviço de lavagem faz parte do Plano de Contingência de Resíduos Sólidos, em situação de pandemia da cidade de São Paulo. Saiba mais sobre as outras medidas clicando aqui.