Doenças Crônicas Não Transmissíveis - DCNT

O processo de transição demográfica, epidemiológica e nutricional resultou em um aumento das prevalências de Doenças Crônicas Não Transmissíveis – DCNT. As DCNT (doenças cerebrovasculares e cardiovasculares, neoplasias, obesidade, diabetes, hipertensão, entre outras) são consideradas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) um dos maiores problemas de saúde pública no mundo.

Sua etiologia é complexa e envolve fatores de risco não modificáveis (genética, sexo e idade) e modificáveis (tabagismo, inatividade física, alimentação não saudável e consumo excessivo de bebidas alcoólicas). Esses últimos, por estarem relacionados a modos e estilos de vida, são passíveis de modificação.
 

 

Clique aqui para abrir todas as edições! 

 

O Inquérito de Saúde – ISA Capital tem como objetivo conhecer aspectos da saúde pública no município de São Paulo (MSP) que não estão contidos nos sistemas rotineiros de informação do SUS. É uma realização conjunta da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, Faculdades de Saúde Pública e de Medicina da Universidade de São Paulo - USP, Universidade Estadual de Campinas - Unicamp e Instituto de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde do Estado de São Paulo. Clique aqui para abrir!  A edição "Estado Nutricional da População da Cidade de São Paulo" contou com a participação da equipe técnica do Núcleo da DANT/DVE/COVISA. Clique para abrir os principais resultados!

 

A Pesquisa Nacional de Saúde é uma pesquisa de base domiciliar, de âmbito nacional, realizada em parceria com o IBGE no ano de 2013. O inquérito é composto por três questionários: o domiciliar, o relativo a todos os moradores do domicílio e o individual, com enfoque nas principais doenças crônicas não transmissíveis, aos estilos de vida, e a acesso ao atendimento médico. Clique aqui para abrir! 

 

Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico. Pesquisa anual realizada em todas as capitais brasileiras e no Distrito Federal desde 2006. Clique aqui para abrir os resultados dos inquéritos!

 

Realizada a cada três anos pelo Ministério da Saúde em parceria com o IBGE, e com apoio do Ministério da Educação. Tem como objetivo subsidiar o monitoramento dos fatores de risco e proteção à saúde dos estudantes, além de identificar questões prioritárias para o desenvolvimento de Políticas Públicas voltadas a Promoção da Saúde dos mesmos. Clique para abrir: PENSE 2009PENSE 2012 e PENSE 2015.

  

 

Documentos guias:

                                                   Guia alimentar para a população brasileira              Alimentos regionais brasileiros

Links úteis: