Coronavírus

Orientações sobre o novo coronavírus e HIV/Aids

Pra Cego Ver: Banner com fundo cinza azulado, com ilustrações de vírus ao fundo. Em branco, há o texto Orientações sobre o COVID-19 novo coronavírus. Abaixo, dentro de uma caixa azul, há o texto em branco: Prevenção e Informação nas redes. No rodapé da imagem, há os logos de diversas redes sociais com o @saudeprefsp e ao lado o site da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo.

Pra Cego Ver: Arte composta por duas caixas, sendo uma cinza ao fundo e outra vermelha em primeiro plano. Dentro da caixa vermelha, há duas setas brancas para direita e o texto em branco Prevenção
As orientações de prevenção para as Pessoas Vivendo com HIV/Aids (PHVA) sobre o novo coronavírus são as mesmas que para toda população:

• Lavar bem as mãos, usando água e sabão ou álcool gel, com muita frequência;
• Evitar tocar nos olhos, nariz e boca;
• Não compartilhar objetos de uso pessoal como talheres, copos e escova de dentes;
• Evitar aglomerações;
• Evitar viagens e deslocamentos;
• Cobrir sempre o nariz e a boca ao tossir ou espirrar;
• Utilizar lenços descartáveis e jogue-os no lixo após o uso.
• Ao sair de casa, use máscara, que pode ser de pano feita em casa.

Os principais sintomas do coronavírus são tosse, febre e/ou dificuldade para respirar.

Se você tiver algum desses sintomas, permaneça em casa sempre que possível. Somente em casos graves você deve ir ao hospital. Saiba mais na página sobre o coronavírus da Secretaria Municipal da Saúde.

Os pacientes vivendo com HIV/Aids imunodeprimidos devem continuar seguindo as mesma orientações de antes do início da epidemia do coronavírus. Converse com seu médico(a).

Pra Cego Ver: Arte composta por duas caixas, sendo uma cinza ao fundo e outra vermelha em primeiro plano. Dentro da caixa vermelha, há duas setas brancas para direita e o texto em branco TARV

A partir da recomendação do ofício nº 8/2020 do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e infecções sexualmente transmissíveis (DCCI), do Ministério da Saúde, o Programa Municipal de DST/Aids de São Paulo decidiu ampliar o período de dispensação de medicamentos da terapia antirretroviral (TARV) para 120 dias!


Pra Cego Ver: Arte composta por duas caixas, sendo uma cinza ao fundo e outra vermelha em primeiro plano. Dentro da caixa vermelha, há duas setas brancas para direita e o texto em branco PrEP
Também em consonância ao ofício ofício nº 8/2020 do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e infecções sexualmente transmissíveis (DCCI), do Ministério da Saúde, o Programa Municipal de DST/Aids de São Paulo decidiu ampliar o período de dispensação de medicamentos da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) para 120 dias para pessoas que já estão em acompanhamento, junto de cinco kits de autoteste de HIV

A medida, portanto, não vale para os novos cadastros de PrEP, que vão seguir os fluxos vigentes atuais, com acolhimento, testagem e consulta normalmente. Só a partir do primeiro retorno do usuário à unidade de saúde, após 30 dias, é que a dispensação de medicamentos junto aos kits de autotestes de HIV será autorizada. 

Os cinco kits de autotestes de HIV são de uso exclusivo para a pessoa que está em uso da PrEP, para automonitoramento do status sorológico e, dessa forma, não deve ser repassado a terceiros. Em caso de positividade do autoteste, procure uma das 26 unidades de saúde especializadas em DST/Aids de São Paulo para confirmação do resultado.

Pra Cego Ver: Arte composta por duas caixas, sendo uma cinza ao fundo e outra vermelha em primeiro plano. Dentro da caixa vermelha, há duas setas brancas para direita e o texto em branco Prevenção no Sexo

Confira algumas dicas para prevenção ao coronavírus e também às infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) nesta época de quarentena:

- Como a orientação é ficar em casa e evitar contato físico, sair ou receber pessoas para a prática sexual não é o indicado. A relação sexual é repleta de aproximação, beijos e troca de fluidos, práticas que potencializam a transmissão da COVID-19 e também de outros vírus, como o da gripe.

- Também não é recomendado ir para saunas, cinemas ou festas de sexo. As casas de entretenimento adulto da capital paulista já fecharam como medida protetiva ao novo coronavírus.

- Se você está em isolamento com um parceiro ou uma parceira e vocês não estão gripados nem com coronavírus, e vocês já mantinham relações sexuais ou você avalia que há potencial para a realização do sexo, não se esqueça da proteção ao HIV e às outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs): use camisinha e gel lubrificante. Caso faça uso da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) ao HIV, mantenha o uso diário dos medicamentos. Inclusive, como está disponível acima, estendemos a oferta dos comprimidos da PrEP para 120 dias para evitar os deslocamentos das pessoas pela cidade. 

- Agora, caso você ou seu parceiro(a) está com algum sintoma gripal, especialmente tosse, dor de garganta, febre e/ou dificuldade para respirar, evite o sexo e se mantenha isolado, adotando as recomendações da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, de uso de máscaras e outras formas de prevenção até quando buscar uma unidade de saúde.

- Mesmo em quarentena, a camisinha saiu, rompeu ou não foi usada? A Profilaxia Pós-Exposição (PEP) deve ser buscada para prevenção ao HIV. As 60 unidades municipais de saúde de São Paulo que oferecem a PEP gratuitamente continuam atendendo essa demanda. A PEP deve ser iniciada em até 72 horas depois dessa situação de risco, de preferência nas duas primeiras horas.

- Os aplicativos de relacionamento podem continuar sendo utilizados.

- Objetos sexuais devem ser lavados com água e sabão. A camisinha deve ser trocada caso os brinquedos sexuais sejam usados por mais de uma pessoa; o ideal é não compartilhá-los.

- Como o novo coronavírus pode ser eliminado pelas fezes, deve-se ter atenção redobrada na prática do sexo oral-anal. A recomendação é utilizar barreiras de látex. Vale abrir a camisinha masculina (externa), feminina (interna) ou luvas de borracha, por exemplo.

- Aproveite o período para conhecer mais o seu corpo e aprender a forma correta de usar o preservativo masculino (externo) e também o feminino (interno), já que muitas pessoas ainda têm dúvidas.

- Pessoas que vivem com HIV/Aids: é importante manter o tratamento para chegar ou manter a carga viral indetectável (quantidade baixa de vírus no corpo). Com a carga viral indetectável por pelo menos seis meses, o vírus não é transmitido nas relações sexuais. É o I=I (Indetectável = Intransmissível). A dispensação da terapia antirretroviral (TARV) também foi ampliada para 120 dias, como pode ser lido acima.

- Testagem: se houver dúvida e for preciso se testar para o HIV, sífilis ou hepatites B e C, as unidades da Rede Municipal Especializada (RME) em DST/Aids de São Paulo estão funcionando e não vão fechar. A recomendação é ficar em casa, mas caso precise, vá até a um dos serviços. 

Pra Cego Ver: Arte composta por duas caixas, sendo uma cinza ao fundo e outra vermelha em primeiro plano. Dentro da caixa vermelha, há duas setas brancas para direita e o texto em branco Outras informações
Saiba mais sobre o Coronavírus, incluindo formas de prevenção, sintomas e as principais perguntas e respostas sobre o assunto.

Baixe o cartaz abaixo e compartilhe:

 #PraCegoVer: ORIENTAÇÕES SOBRE O COVID-19. NOVO CORONAVÍRUS. O QUE É: O coronavírus faz parte de uma grande família viral que causa infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Em janeiro de 2020, foram identificados casos de pneumonia de causa desconhecida ocorridos na cidade de Wuhan, região central da China, onde houve a detecção de um novo coronavírus, que ainda não havia sido identificado em humanos. SINTOMAS: Febre, Tosse/dificuldade de respirar Ou contato com  caso suspeito para coronavírus. Os principais sintomas para identificar a doença são semelhantes à gripe ou resfriado: Febre, Tosse, Dificuldade para respirar. O QUE DEVO FAZER? SE VOCÊ TEVE CONTATO COM CASOS SUSPEITOS OU APRESENTAR OS SINTOMAS, PROCURE UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE Cubra sempre o nariz e a boca ao tossir e ao espirrar Utilize lenços descartáveis, jogue-os no lixo após o uso. Lave as mãos frequentemente com água e sabão. Evite tocar olhos, nariz e boca. Não compartilhe objetos de uso pessoal. Evite aglomerações e ir ao trabalho/escola. Logos do Sistema Único de Saúde, COVISA e da Secretaria Municipal da Saúde - SMS

Botão cinza chumbo, com fina tarja preta na parte superior,escrito Página Anterior, com uma seta à esquerda.Botão cinza chumbo, com fina tarja preta na parte superior,escrito Home. Há um ícone de uma casa à esquerda.