Apresentação

Assistência Farmacêutica - Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS)

A Assistência Farmacêutica atua de forma transversal às demais áreas assistenciais da rede municipal de saúde. Estabelece diretrizes técnicas e normativas para garantir à população o acesso aos medicamentos essenciais seguros, eficazes e custo-efetivos, disponíveis nas farmácias das diferentes modalidades de serviço com vistas à promoção do uso racional, segundo a Política Nacional de Medicamentos e Política Nacional de Assistência Farmacêutica.

No âmbito sistêmico envolve ações técnico-gerenciais relativas à disponibilidade e acesso aos medicamentos, paralelamente às ações técnico-assistenciais voltadas ao Cuidado Farmacêutico pela oferta de serviços clínicos realizados pelo farmacêutico de forma integrada com a equipe de saúde, por meio de prática centrada no usuário, para prevenção, identificação e resolução de problemas relacionados à farmacoterapia.

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (SMS-SP) criou em 2001 a área técnica de Assistência Farmacêutica. Na SMS, as etapas do componente técnico-científico - seleção, prescrição, dispensação e utilização – são norteadas pela equipe da área de Assistência Farmacêutica, hoje pertencente à Coordenadoria de Atenção Básica, e visam agregar valor às ações e serviços de saúde, contribuindo para a melhoria dos indicadores de saúde dos territórios. Já as etapas do componente logístico - programação, aquisição, armazenamento e distribuição - são organizadas e desenvolvidas pela Divisão de Suprimentos, vinculada à Coordenadoria de Administração e Suprimentos da SMS. Devido à organização da SMS e à descentralização do gerenciamento da Assistência Farmacêutica, tanto as ações do ciclo logístico como as do ciclo técnico-científico são apoiadas, desenvolvidas e/ou acompanhadas pelas Coordenadorias Regionais de Saúde e as Supervisões Técnicas de Saúde.


SAIBA MAIS: