SP Urbanismo aprova Acordo de Cooperação Técnica com C40 Cities para concurso internacional de projetos urbanos para o centro de SP

Competição selecionará estudos para requalificar áreas e torná-las mais convidativas à permanência das pessoas

A SP Urbanismo aprovou um Acordo de Cooperação Técnica com a rede global de cidades C40 Cities para a realização de um concurso internacional que selecionará projetos urbanos para áreas públicas subutilizadas na região central da cidade. O termo recebeu o aval da Diretoria Executiva da empresa municipal na última terça-feira (03/05).

O Acordo de Cooperação prevê diversas ações da organização internacional para a realização do concurso, como apoio na elaboração das bases da competição, divulgação, acompanhamento e gerenciamento das inscrições dos participantes, indicação de especialista para compor o júri do concurso e participação na cerimônia de premiação. Um Guia de Práticas Sustentáveis exclusivo para a cidade de São Paulo também será elaborado.

O concurso será voltado a arquitetos e urbanistas do Brasil e do exterior. O objetivo é reunir propostas inovadoras para transformar espaços residuais do sistema viário subutilizados em espaços de estar e lazer mais convidativos à circulação de pedestres e ao uso de meios de transporte não poluentes, como bicicletas.

O concurso fará parte do projeto mundial chamado “Reinventing Cities”, promovido pela C40 Cities, rede que reúne grandes cidades do mundo comprometidas com o desenvolvimento de ações para combater o aquecimento global e as mudanças climáticas.

São Paulo é o único representante da América Latina na lista de cidades escolhidas para o concurso.

O “Reinventing Cities São Paulo” reforça a diretriz da SP Urbanismo de planejar a cidade de forma conjunta com os diversos atores que pensam o planejamento urbano do município. Em 2016, a empresa pública promoveu o “Concurso Público Nacional de Ideias para Elementos de Mobiliário Urbano de São Paulo”, que contou com a participação de 221 profissionais e estudantes. No ano de 2015 aconteceu o “Concurso Público Nacional para Plano de Urbanização da Operação Urbana Consorciada Água Branca”. Um total de 424 arquitetos de 6 estados do Brasil disputou a competição.