Promoção da Cidadania

Promover o acesso à cidadania é empoderar o cidadão a fim de que seja conhecedor de seus direitos e deveres, podendo promover mudanças na sociedade e contribuir para a efetivação dos direitos e deveres preconizados na lei.

A Prodam promove a cidadania compartilhando expertise técnica e tecnologia para a acessibilidade digital. A empresa em sua responsabilidade social colabora com a sociedade para inclusão digital de deficientes.

Os deficientes ainda encontram barreiras para acessar a Internet. Seja pela disposição das informações, tecnologias utilizadas ou formas de comunicação, frequentemente encontram sites, que pelo uso exagerado de figuras (imagens, títulos e ilustrações), e pela necessidade de movimentos precisos (exigindo o uso de mouse), são totalmente inacessíveis para quem tem alguma dificuldade sensorial e/ou motora, seja por deficiência nata ou adquirida (doença, velhice, etc.).

A acessibilidade digital é uma série de recursos que possibilita a navegação, a compreensão e a interação de qualquer pessoa na web (independentemente de suas dificuldades), sem ajuda de ninguém: uma internet acessível para todas as pessoas.

O trabalho desenvolvido pela empresa neste sentido está dividido em dois focos, o Guia de convívio com deficientes e Selo de Acessibilidade Digital.


Guia de convívio com deficientes no mercado de trabalho

A Prodam é pioneira na contratação de deficientes, antes mesmo da publicação da lei (lei nº 8213 de 24 de julho de 1991) que obriga as empresas a terem um percentual mínimo de pessoas com deficiência. A primeira contratação ocorreu em 1973 e a experiência positiva fez crescer significativamente o número desses profissionais na empresa.

O convívio entre profissionais com e sem deficiência em nosso meio é harmonioso e natural. Para expandir essa experiência, a empresa elaborou um guia de convívio com deficientes no trabalho, com dicas que orientam outros trabalhadores para o convívio com essa diversidade.

Clique aqui e veja o guia.


Selo de Acessibilidade Digital

O Selo de Acessibilidade Digital certifica sítios e portais eletrônicos que cumprem com critérios de acessibilidade estabelecidos nacional e internacionalmente. Os responsáveis por sítios e portais eletrônicos podem requerer o selo à Comissão Permanente de Acessibilidade.

Uma equipe da Prodam avaliará a acessibilidade das páginas submetidas, segundo critérios e procedimentos estabelecidos na Portaria SMPED-GAB nº 08/2018. Os requerentes cujos sítios ou portais eletrônicos avaliados cumpram com os referidos critérios serão contemplados com o Selo de Acessibilidade Digital.

Para saber mais sobre o selo clique aqui.


A PRODAM não possui um calendário de ações, as iniciativas de Promoção à Cidadania são desenvolvidas de acordo com a demanda da sociedade e estão disponíveis o ano inteiro.