Atendimentos

A Política Municipal sobre Álcool e outras Drogas oferece vagas para atendimento humanizado em saúde e assistência social em diversos equipamentos e serviços da Prefeitura Municipal de São Paulo (conheça os serviços aqui)

 

Serviço Integrado de Acolhida Terapêutica II - SIAT II


SIAT II - Armênia

O Serviço Integrado de Acolhida Terapêutica (SIAT) II – Armênia registrou desde o dia 26 de junho de 2019 (quando iniciou suas atividades) até o dia 07 de janeiro de 2021, 490.795 atendimentos socioassistenciais, entre banhos, refeições, pernoites e atividades socioeducativas; e desde o dia 01 de agosto de 2019 (quando iniciou atividades na área da saúde) até o dia 07 de janeiro de 2020, 59.517 atendimentos de saúde, entre encaminhamentos para UBS, PS, Hospital Geral, CAPS, AMA, atividades internas e acolhimentos multiprofissionais nas seguintes especialidades: enfermagem, clínica médica, psiquiatria, psicologia, fonoaudiologia, serviço social, nutrição e farmácia.

SIAT II - Glicério
O Serviço Integrado de Acolhida Terapêutica (SIAT) II – Glicério registrou desde o dia 8 de abril de 2020 (quando iniciou suas atividades) até o dia 07 de janeiro de 2021, 276.999 atendimentos socioassistenciais, entre banhos, refeições, pernoites e atividades socioeducativas; e desde o dia 14 de maio de 2020 (quando iniciou atividades na área da saúde) até o dia 06 de janeiro de 2021, 18.343 atendimentos de saúde, entre encaminhamentos para UBS, PS, Hospital Geral, CAPS, AMA, atividades internas e acolhimentos multiprofissionais nas seguintes especialidades: enfermagem, clínica médica, psiquiatria, psicologia, fonoaudiologia, serviço social, nutrição e farmácia.

 

Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas IV - CAPS AD IV
O primeiro Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas IV (CAPS AD IV) de São Paulo começou os atendimentos no dia 17 de abril de 2020 e até o dia 17 de abril de 2020 e até o dia 05 de janeiro de 2021 realizou 6.470 atendimentos, entre eles 489 encaminhamentos para internações voluntárias em leitos de desintoxicação em hospitais contratados, 173 encaminhamentos para leitos de prontos-socorros e hospitais municipais e gerais, 82 encaminhamentos para Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS-AD), 22 encaminhamentos para o Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (CRATOD) e 10 encaminhamentos para a rede de atendimentos sociais.

Redenção na Rua
As equipes do Redenção na Rua, que começaram a atuar na região em 11 de abril de 2018, realizaram até o dia 06 de janeiro de 2021, 74.414 abordagens, 16.590 atendimentos médicos, 30.320 atendimentos de enfermagem e 11.996 encaminhamentos para a rede de assistência social.

ATENDE
As unidades de Atendimento Diário Emergencial (ATENDE) registraram, desde a inauguração da primeira unidade em junho de 2017 até o dia 07 de janeiro de 2021, 3.075.887 atendimentos entre banhos, refeições, pernoites, oficinas e cortes de cabelo.

Serviço Especializado de Abordagem Social - SEAS
Desde o dia 21 de maio de 2017 até o dia 07 de janeiro de 2021 foram realizadas pelas equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS), da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), 383.355 abordagens na região da Nova Luz, sendo 338.625 abordagens com encaminhamento socioassistencial (ATENDE, SIAT II e Centros Temporários de Acolhimento - CTA) e 44.730 abordagens com recusa.

Unidade Redenção
De 26 de maio de 2017 (início do Programa Redenção) até o dia 16 de abril de 2020 foram realizados na Unidade Redenção 21.321 atendimentos, entre eles 13.305 internações voluntárias em leitos de desintoxicação em hospitais contratados, 383 encaminhamentos para leitos de prontos-socorros e hospitais municipais e gerais, 323 para Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS-AD), 17 para o Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (CRATOD) e 627 para a rede de atendimentos sociais.